ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  30    CAMPO GRANDE 24º

Diversão

De MS, "cantora da aglomeração" Mariana Fagundes diz estar arrasada

Natural de Aparecida do Taboado, Mariana – que cresceu em Inocência, região leste do Estado – diz estar magoada com a repercussão

Por Lucas Mamédio | 22/10/2020 07:57
Mariana durante show em Inocência (Foto: Reprodução/YouTube)
Mariana durante show em Inocência (Foto: Reprodução/YouTube)

Envolvida em uma polêmica de repercussão nacional depois de realizar um show na cidade de Tailândia (PA), com aglomeração que não era vista há muito tempo, a cantora Mariana Fagundes é nascida e criada em Mato Grosso do Sul.

Natural de Aparecida do Taboado, ela cresceu em Inocência, região leste do Estado. Ao Campo Grande News, Mariana contou como tem sido essa semana seguinte ao show polêmico.

Mariana com família em Aparecida do Taboado (Foto: Arquivo Pessoal)
Mariana com família em Aparecida do Taboado (Foto: Arquivo Pessoal)

“Fiquei muito magoada, muito arrasada, foi a primeira vez que me envolvi assim numa polêmica de repercussão nacional. Eu sempre fui vista como um bom exemplo, tenho 15 anos de carreira. Mas eu, e não só eu, voltei a trabalhar, não tem como ficar parado tanto tempo assim. Agora em novembro muitos vão voltar a trabalhar, eu fui uma das primeiras e ser contratada, então por isso gerou essa polêmica”, disse por telefone.

Ela começou a cantar aos seis anos em Inocência (Foto: Arquivo Pessoal)
Ela começou a cantar aos seis anos em Inocência (Foto: Arquivo Pessoal)

Mariana apela para a necessidade de, não só se sustentar, mas para a responsabilidade que tem sobre toda sua equipe. “Imagino assim que qualquer cidadão brasileiro, que quando o governo liberou trabalhar, todo mundo ficou feliz, esperançoso de poder trazer alimento pra dentro de casa através de seu trabalho, então assim que foi liberado eu fui trabalhar”.

A cantora, que tem mais de 315 mil seguidores no Instagram, conta que passou grande parte dos oito meses de pandemia em Aparecida, onde sempre volta.

“Eu vou sempre pra Mato Gross do Sul, minha mãe mora aí, minha vózinha, minhas tias, a maioria dos meus familiares, principalmente nessa pandemia, foi o lugar que eu mais fiquei. Aí é meu abrigo”.

Mariana mora agora em Salvador, mas já passou por São Paulo, Goiás, além de claro, Mato Grosso do Sul.   Ela começou sua carreira aos seis anos, já em Inocência, pra onde foi bem nova.

“Comecei a cantar muito nova, cantava na escola, parte da minha família é de músicos. Com 13 anos eu entrei numa banda baile e foi ali que percebi que queria ser cantora mesmo. Cantava muito em rodeio, participai do programa do Raul Gil, da Eliana”.

Mariana em uma fazenda em Aparecida do Taboado (Foto: Arquivo Pessoal)
Mariana em uma fazenda em Aparecida do Taboado (Foto: Arquivo Pessoal)

Mariana é sobrinha de Vicente Dias, autor de canções como "Amor perfeito", gravada por Amado Batista, e "Sonhei com você", de Milionário e José Rico.

Ela tem cinco discos na carreira, Atualmente, seu perfil no Spotify registra uma média de 118 mil ouvintes mensais e seu trabalho mais recente, o DVD ao vivo "Ah! Mar", contou com participações de artistas como Léo Santana e a dupla Hugo e Guilherme.

Veja abaixo o trecho do show que causou polêmica:

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário