ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  26    CAMPO GRANDE 27º

Diversão

Mais uma alternativa: testamos streaming só de filmes diferentões

Na plataforma MUBI, há vários filmes cults selecionados e é possível ganhar meses de acesso grátis

Por Bárbara Cavalcanti | 25/11/2021 13:18
Trecho do filme "Tudo sobre minha mãe", de Pedro Almodóvar. (Foto: Reprodução)
Trecho do filme "Tudo sobre minha mãe", de Pedro Almodóvar. (Foto: Reprodução)

A plataforma MUBI é um streaming de filmes cults selecionados de todas as partes do mundo. O serviço tem uma variedade de obras de vários festivais de cinema internacionais. E é também um espaço onde as pessoas podem interagir, deixando comentários e avaliações, além de um blog específico com conteúdo sobre a sétima arte.

Eu tinha ouvido falar dessa plataforma há uns tempos atrás, mas confesso que sempre revirava os olhos - e isso que eu gosto, e muito, de filmes assim mais diferentões. Porém, pensar que uma plataforma inteira seria dedicada a isso, ainda por cima dando ênfase até demais na excelente qualidade de todas as obras, era algo que eu sempre achava pretensioso.

Quem finalmente me fez superar meu preconceito foi um amigo meu que me mandou um filme para eu assistir de graça na plataforma. Esse tipo de recurso é algo que eu só vi nesse serviço até agora, a possibilidade de você assistir um filme e compartilhar aquela obra por 48h com outra pessoa, sem que ela precise assinar nada.

Esse acesso facilitado foi algo que logo de cara me surpreendeu positivamente. A assinatura mensal é R$ 27,90 por mês, com teste grátis de apenas 7 dias. Mas dentro desse período, se você convidar outras pessoas para a plataforma, cada um ganha um mês inteiro de graça logo de cara. Uma menina na internet ainda disse que quando ela foi cancelar o período de teste, ela ganhou mais um mês. A plataforma realmente quer muito que as pessoas assistam os filmes.

A interface da plataforma MUBI. (Foto: Reprodução)
A interface da plataforma MUBI. (Foto: Reprodução)

É possível enviar vários convites, o que significa que a pessoa que está convidando pode acumular vários meses de gratuidade e ainda arrastar outros amigos junto sem que ninguém gaste um centavo. E tirando que achei isso de enviar filmes para as pessoas uma gracinha.

No catálogo, há obras de cineastas como o espanhol Pedro Almodóvar, Francis Ford Coppola ou Wes Anderson. Existe também uma variedade de filmes brasileiros. Os filmes são de vários anos diferentes também, então, há obras de décadas atrás, como também lançamentos desse ano e do ano passado. Todo dia é incluído um filme novo.

Pessoalmente, percebi que, por causa das séries e dos k-dramas, eu tinha perdido o costume de assistir filmes. E olhe que isso não tem nada a ver com a duração, pois um filme chega a umas 2h, o que equivale a dois episódios da série Round 6, que eu assisti todos em uma sentada só.

Apesar de que, ao invés de explorar mais o site, acabei apenas reassistindo todos os filmes de Pedro Almodóvar, um dos meus cineastas favoritos. Aí entra a facilidade do período gratuito enorme, então, ainda terei mais alguns meses pela frente para experimentar mais. Vale ressaltar que todo conteúdo é sempre no áudio original com legendas. E ainda assim, revirei os olhos para alguns cinéfilos que juram que são críticos profissionais de cinema, mas aí basta ignorar a aba dos comentários.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário