ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 13º

Diversão

Movimentando a cidade, Festival de Cerveja quer entrar para calendário

Primeira edição do evento possui cinco cervejarias de MS e conta com 18 tipos de cervejas

Aletheya Alves | 01/04/2023 07:53
Ao todo, são 18 tipos de cerveja intengrando o cardápio do festival. (Foto: Thailla Torres)
Ao todo, são 18 tipos de cerveja intengrando o cardápio do festival. (Foto: Thailla Torres)

Em sua primeira edição, o Festival de Cerveja de Bonito estreou com muito rock e encheu a praça principal da cidade nesta sexta-feira (31). Ao todo, cinco cervejarias de Mato Grosso do Sul estão comercializando 18 tipos da bebida e ainda dá tempo de aproveitar.

Oportunidade para degustar cervejas artesanais e ainda aprender com os palestrantes, o festival tem como objetivo movimentar tanto o cenário da bebida quanto levar turistas para Bonito em baixa temporada. Por isso, um dos desejos dos organizadores e também do público é que o evento faça parte do calendário oficial da cidade.

Representando o cenário e disponíveis no festival estão Bonito Beer, Canalhas, Cantina MS (Dourados), Morena Bier e Prosa.  Entre os 18 estilos de cerveja, os valores são a partir de R$ 10 (400ml), totalmente artesanais.

Organizador do festival, Filippe Luíz Regenod explica que a ideia existia há muito tempo, mas foi necessário destacar o interesse das pessoas e a união com a cultura para colocar tudo em prática. “O evento cresceu de uma forma muito intensa em pouco tempo. Percebemos interesse das pessoas e também a partir das cervejarias que temos no estado”.

Evento está ocorrendo na praça principal de Bonito e segue neste sábado. (Foto: Thailla Torres)
Evento está ocorrendo na praça principal de Bonito e segue neste sábado. (Foto: Thailla Torres)

Nessa edição, o objetivo é fortalecer as cervejarias de Mato Grosso do Sul que realmente produzem por aqui. E, em conjunto, a cidade é movimentada durante a baixa temporada com valores mais atrativos.

“Aqui, hoje, são cinco cervejarias e cada uma possui, ao menos, quatro tipos de cervejas. O paladar é diferente, não é para a intensidade de ficar alcoolizado, então temos também praça de alimentação para contribuir”, explica Filippe.

Integrando a parte de alimentação, Allison do Nascimento Silva é sócio-proprietário da MS Carnes e comenta que a oportunidade de participar do festival é única. “Nós estamos servindo costela em varal, primeiro passa por processo de defumação de 12h e é finalizada no varal. Temos hambúrguer com bacon e queijo, além disso, bife ancho e bife chorizo”.

De acordo com Allison, além do sabor, a apresentação também faz parte do que o público terá acesso durante o festival.

MS Carnes está participando do festival na praça de alimentação. (Foto: Thailla Torres)
MS Carnes está participando do festival na praça de alimentação. (Foto: Thailla Torres)

Neste sábado (1º), os shows continuam com as bandas Máquinas do Seu Antônio, Bando do Velho Jack e o cantor Almir Sater. Além dos shows, também haverá curso de fabricação de cerveja, mantendo a participação gratuita.

Conforme os organizadores, além de introduzir o público ao universo das cervejas artesanais, o evento também busca movimentar o turismo fora dos meses de alta temporada.

Praça da cidade foi sendo ocupada pelos moradores e turistas durante o festival. (Foto: Thailla Torres)
Praça da cidade foi sendo ocupada pelos moradores e turistas durante o festival. (Foto: Thailla Torres)

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias