ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 33º

Diversão

Para vender sucessos, novos compositores mudam de endereço atrás de sertanejos

Por Ângela Kempfer | 13/11/2013 06:28
Paula Mattos ao lado da cantora Thaeme.
Paula Mattos ao lado da cantora Thaeme.

Do bairro Santa Luzia, em Campo Grande, para a Freguesia do Ó, em São Paulo, lá se vai 1 ano e meio de vida nova. Paula Mattos tem só 24 anos e mudou de endereço para vencer como compositora de artistas sertanejos.

Agora tem contrato com Gusttavo Lima, mas já trabalhou para João Neto e Frederico, Marcos e Belutti , Thaeme e Thiago, além de outros nomes menos conhecidos.

Com a assinatura dela, há várias músicas na boca de famosos, como “Doidaça”, do último CD de Gusttavo Lima; “Hoje não”, de Thaeme e Thiago; “Chega Chora” e “Irracional”, sucessos de Marcos e Belutti, “Separa, namora”, de Henrique e Juliano.

Silmara Nogueira também se mudou de Mato Grosso do Sul para a capital paulista, como mais uma a tentar fazer canções vingarem em um mercado onde os sucessos surgem a rodo.

As duas são parceiras em várias composições. “Eu sou boa de melodia, a Silmara de letras”, avalia Paula. Elas se encontraram na noite, entre um barzinho e outro de Campo Grande. Silmara tinha uma dupla sertaneja e Paula investia na carreira de cantora.

Entre as músicas resultado desse encontro está “Silêncio dos olhares”, interpretada pela cantora Tânia Mara. “Ficamos amigas e começamos a compor juntas. Deu super certo”, lembra.

Gusttavo Lima e Paula, depois de show.
Gusttavo Lima e Paula, depois de show.

Paula ganhou uma violão aos 7 anos e aos 12 diz que já escrevia algumas canções, influenciada pelos tios que sempre faziam das reuniões de família uma festa. Aos 15,e la passou a cantar na noite da cidade, até o sertanejo universitário contagiar o Brasil e fazer de Campo Grande uma referência.

Marco Aurélio, um dos compositores responsáveis por sucessos de Luan Santana, Munhoz e Mariano, Maria Cecília e Rodolfo, está entre os nomes que inspiram a jovem compositora. “Já conheci ele, mas queria ter a oportunidade de compor junto. Admiro muito o trabalho”, conta.

Para vencer em um mundo cheio de pessoas que juram ser talentosas, Paula ensina que é preciso ser vista. Ir aos shows, fazer contatos, cultivar amizades. “Por mais famosos que tenha, é um mercado muito pequeno, então um artista vai indicando para o outro”, explica.

Foi assim desde o começo, quando Thiago Servo, ex-parceiro de Thaeme, conheceu Paula e “encomendou” algumas músicas. “Fui para São Paulo e em uma semana a gente compôs 15 canções”, comenta.

Na sequência, se mudou para Londrina, passou a trabalhar com o escritório de Fernando e Sorocaba, até ser convidada pelos empresários de Gusttavo Lima.

Hoje, escreve para o sertanejo sem exclusividade, mas como prioridade. “Tenho contrato com eles, mas não posso dar detalhes”, diz, revelando apenas que apresenta as músicas que, caso não sejam aceitas por Gusttavo, podem ser oferecidas aos outros artistas.

Apesar de timidamente começar a ser reconhecida como compositora, Paula ainda quer realizar o maior sonho como artista. “Tenho projeto para o futuro, quero retomar minha carreira de cantora”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário