A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Outubro de 2019

24/09/2019 07:53

Pra mostrar que trilha sonora é coisa séria, surge até Associação do Flash Back

Um estatuto de cinco folhas estabelece todas as regras do grupo.

Danielle Valentim
1ª Edição de Festa de Flash Back no Centro Comunitário da Moreninha II, em novembro de 2018. 1ª Edição de Festa de Flash Back no Centro Comunitário da Moreninha II, em novembro de 2018.

Quando o assunto é música, é difícil mesmo esquecer o passado. Mas tem gente que leva a trilha sonora realmente a sério e por aqui surgiu até a Associação Sul-Mato-Grossense Cultural do Flash Back, com regimento e tudo. O ponta pé ocorreu durante uma festa realizada no Centro Comunitário da Moreninhas II.

Grupos de passinhos e fãs de flash back que fizeram até camisetas para participar.Grupos de passinhos e fãs de flash back que fizeram até camisetas para participar.

O presidente Paulo Henrique Ribeiro de Sousa, de 39 anos, conta que em novembro de 2018, o sucesso de uma festa de flash back provou que a essência do estilo musical deveria ser preservada para as próximas gerações.

“O França fez uma festa e foi bem badalada. A festa envolveu muitos grupos de passinhos e fãs de flash back que fizeram até camisetas para participar. Eu tive a ideia como forma de resgatar, preservar a cultura e ligar tudo isso a trabalhos sociais. Fiquei uns quatro meses na cabeça dele para montarmos a associação”, conta Paulo.

O estatuto de cinco folhas estabelece todos os objetivos do grupo, trabalho que demorou seis meses, garante Paulo. “No primeiro momento foram a Fundação de Cultura e de lá encaminhados à Câmara Municipal onde recebemos todo o suporte”, conta.

O DJ Edervan França, de 45 anos, foi quem organizou a festa do ano passado ao lado de Darlei Pereira. Para ele, a intenção é fazer com que apaixonados pelo estilo de associem e fortaleçam o movimento.

“Ainda não temos uma sede, mas vamos fazer eventos para arrecadar verba e planejar um local”, frisa.

 

Todos os integrantes da associação.Todos os integrantes da associação.

O objetivo de Paulo é promover a cultura e levar diversão sadia às novas gerações. “Eu quero que a cultura da flash back não morra. Quando tem flask back no bairro vemos a galera da infância. Meu filho de 7 anos já gosta de flash back porque eu ouço em casa”, frisa.

A associação é formada por amigos do bairro. O presidente Paulo Henrique Ribeiro de Sousa, o vice-presidente Edervan França, primeira-secretária Liliane Pereira Duek, segunda secretária Alessandra Matos da Silva, primeiro-tesoureiro Wildson Lopes dos Santos e vice-tesoureiro Darlei Pereira.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

O objetivo de Paulo é promover a cultura e levar diversão sadia às novas gerações.O objetivo de Paulo é promover a cultura e levar diversão sadia às novas gerações.
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.