ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 25º

Diversão

Viagem inesperada teve “casa na árvore gigante” e águas cristalinas

Convidado "em cima da hora", Leandro conheceu a beleza de uma construção na selva toda em madeira, mas com muito luxo

Por Thailla Torres | 20/11/2020 06:05
Confira a Galeria de Imagens:

Leandro Mastrangelo já visitou muitas praias dentro e fora do Brasil, mas confessa que ainda está “emocionado” com o que viu na recém viagem feita a Tulum, uma região localizada no sudeste do México, na costa do mar do Caribe. O lugar se destaca por uma mistura nada simplória de rusticidade e luxo, com hotéis gigantescos feitos de madeira no meio da selva e poços de águas cristalinas na região.

O que mais chama atenção no lugar é a arquitetura dos destinos turísticos, especialmente os hotéis, alguns criados para ser um local de “reconexão espiritual”, com toda estrutura pensada para levar o visitante a imaginar o contato com povos e tribos do passado.

Leandro se hospedou no famoso Azulik, que já ganhou destaque nas redes sociais de Whinderson Nunes e Anitta, pela arquitetura e os detalhes, como a ausência de ar-condicionado, água quente e iluminação na maior parte dos ambientes. E olha que mesmo na falta desses itens, há quartos que chegam a R$ 70 mil a diária.

Águas cristalinas nos poços de Tulum.
Águas cristalinas nos poços de Tulum.

“É um lugar com uma construção incrível que tem uma atmosfera para o ser humano se reconectar com ele e com a natureza”, explica Leandro que foi para o lugar pela segunda vez, mas com uma proposta diferente.

“Tudo partiu de um convite em um grupo de chefs de cozinha que eu faço parte. Eu já tinha ido para Tulum em março, mas por conta da covid-19 tive que voltar antes”, conta o empresário que trabalha no setor de gastronomia em Campo Grande.

Leandro recebeu o convite na quinta-feira e viajou na terça-feira, “porque era uma experiência única para mim que trabalho no setor gastronômico. O objetivo era visitar os melhores restaurante de lá, já que no México eles são os ‘pais’ da parrilla de peixe e eu tenho projetos envolvendo esse tema”, conta.

Ninho gigante onde ocorre sunset para prestigiar o pôr do sol.
Ninho gigante onde ocorre sunset para prestigiar o pôr do sol.

Ao chegar em Tulum após horas de viagem de carro, Leandro diz que sentiu muitas diferenças. “O México tem uma cultura muito forte na forma de recepcionar os turistas. As pessoas são muito hospitaleiras. Além disso é uma cidade com clima de interior gostoso”.

Por ser uma cultura que “valoriza a energia pessoal e os alimentos orgânicos”, Leandro diz que viveu uma imersão gastronômica “fantástica”. “Eles acreditam que você cuidando do seu alimento você cuida do seu corpo, há uma série de especiarias que são sagradas por lá”.

Rusticidade é o ponto alto da arquitetura do local. (Foto: Arquivo Pessoal)
Rusticidade é o ponto alto da arquitetura do local. (Foto: Arquivo Pessoal)
Acadêmia rústica de frente para o mar. (Foto: Arquivo Pessoal)
Acadêmia rústica de frente para o mar. (Foto: Arquivo Pessoal)

Arquitetura – Hospedado durante dias no famoso Zulik, o empresário tudo o que achou surreal na arquitetura. “Não tem chuveiro quente, não tem ar condicionado, a luz é muito pouca, mas em meio a isso existe muito luxo na experiência que você vive lá dentro”

O que chama atenção é o que projeto arquitetônico do lugar seguiu as linhas orgânicas propostas pelos próprios troncos e solo da região, sem corte de árvores, criou espaços e móveis com cimento e bejuco retorcido (trepadeira local que pode ser moldada quando fresca e fica super-resistente depois de seca).

Outro ponto alto é o sunset no que eles chamam de ninho gigante, que mais parece uma casa na árvore. Lá há uma balada exclusiva de uma hora e meia para que você possa desfrutar do pôe do sol. “Dentro desse ninho você consegue ter uma visão de 360 graus do local, é incrível”.

No local também não existe academia, bem, não existe academia comum, mas uma delas é pra lá de diferente. Foi toda feita em madeira e pedra de forma rústica, inclusive os equipamentos. “Mas não é feito de qualquer jeito, é realmente feito de maneira impecável, com moldes perfeitos e idênticos aos que usamos na academia tradicional. Além disso você desfruta do lugar de frente para o mar.”

Leandro diz ter vivido uma experiência única. (Foto: Arquivo Pessoal)
Leandro diz ter vivido uma experiência única. (Foto: Arquivo Pessoal)

Lá a mistura de rusticidade, luxo e natureza é a chave do sucesso deles. “Vivi uma experiência incrível. Já tinha ido a muitas praias, mas Tulum tem uma energia inexplicável. Tudo acontece porque existe essa estrutura, clima e o comportamento das pessoas que são diferentes”.

Mas quem quiser investir na viagem, Leandro dá a dica. “É preciso programar a viagem. Hoje há diversos que podem ajudar muito, pois não é viagem barata. O valor total é muito relativo porque depende das escolhas por lá. Mas é uma viagem que custa em média R$ 15 mil”, sugere.

Veja mais fotos na galeria no início da matéria.

Fez uma viagem incrível e tem experiência para contar? Mande para o Lado B no Facebook e no Instagram. Você pode sugerir também pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário