A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

04/06/2017 07:20

Inverno é época mais indicada para quem precisa turbinar rosto e pernas

Procedimentos estéticos têm melhores resultados nesta época do ano, por conta da exposição menor ao sol

Thailla Torres
Peeling e microagulhamento são recordistas no frio. Peeling e microagulhamento são recordistas no frio.

Ao contrário das academias que bombam no verão, o inverno é a estação dos tratamentos estéticos no rosto. A menor exposição ao sol é o motivo óbvio, porque reduz muito o risco de pele irritada e manchas em épocas de calor. E a lista de procedimentos para rejuvenescer a cada ano aumenta, desde os mais simples, até os que usam agulhas para turbinar a pele.

Um dos procedimentos mais procurados é o peeling químico, que custa na faixa de R$ 650,00 e é usado para remover uma camada da pele de maneira superficial ou profunda. A esteticista Sibele Benante explica que o procedimento ajuda na renovação celular, rejuvenescimento e retira uma camada “morta” da pele, por isso é importante evitar o sol durante os primeiros 3 meses.

“O tratamento é feito com ácidos manipulados. Temos aplicação na clínica com 20% de ácido e depois o paciente faz em casa a aplicação de cremes com 5%. Então, essa pele em contato com o sol pode ter um efeito contrário e manchar mais ainda a pele. Alguns casos podem até queimar o rosto ou parte do corpo que recebe o tratamento. Por isso, melhor fazer o procedimento no inverno”, explica.

Com tantos efeitos, Sibele diz que prioriza o fim de tarde para fazer os procedimentos. “Assim a cliente sai daqui sem sol, porque o tratamento deixa a pele mais sensível”.

Outro requisitado nos consultórios e clinicas estéticas é microagulhamento, em que mini perfurações são feitas na pele com um rolo que tem mais 500 agulhas. O procedimento custa em média R$ 800,00 a sessão. Ao mexer de maneira mais severa e usando produtos de ponta, a pele reage gerando colágeno, o que é ótimo contra a flacidez que perturba com o passar dos anos e acaba com o contorno do rosto.

Talita Arossi, fisioterapeuta e dermato-funcional lembra também que no frio a recuperação da pele é mais rápida. Para ela, o microagulhamento é um dos melhores tratamentos para está época do ano. "É um período mais fresco, então a pele se recupera melhor. O procedimento faz pequenas perfurações, que servem de porta de entrada para aplicação de produtos que envolvem ácido e vitamina C". 

Na primeira sessão de tratamento, além da distância com o sol, Talita alerta sobre que o paciente fique até 24h sem usar maquiagem no rosto. "Porque a pele está aberta, isso é importante para impedir qualquer infecção ou dano a pele que está sensível".

Apesar da ausência de mormaço nos dias de inverno, Talita alerta para cuidados que não abrem mão do uso de protetor solar. "Não é porque está frio que os cuidados mudam, é só um período que ajuda nos efeitos de recuperação da pele de maneira mais rápida. Mas é preciso continuar usando protetor solar e evitar o contato com sol", explica.

Curta o Lado B no Facebook.

 




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.