A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019

12/04/2017 06:10

Perceber a hora certa de procurar terapia é sinal de maturidade emocional

Todo mundo precisa de psicólogo para enfrentar as dificuldades da vida e valor já não é uma barreira

Informe Publicitário
Psicóloga Márcia Figueiredo Costa tem 22 anos de experiência.Psicóloga Márcia Figueiredo Costa tem 22 anos de experiência.

Já são 22 anos de experiência e uma conclusão como psicóloga: "Pouca gente entende qual a função da psicoterapia", conclui Márcia Figueiredo Costa. No consultório, as pessoas chegam quando já não aguentam sofrer por algum motivo emocional. O que poderia ser prevenido, acaba remediado, depois de muitas dores, relacionamentos rompidos e até desestruturação financeira.

Mas a saúde mental sempre indica que não anda bem, basta prestar atenção aos sinais. Para saber se é hora de procurar um psicólogo, o teste é simples. Pense se aumentaram as dificuldades para resolver conflitos emocionais, cognitivos, profissionais e familiares. Observe se a rotina está muito mais exaustiva, com períodos frequentes de tristeza, apatia, agressividade ou ansiedade. Pare para recordar se escolhas ruins costumam se repetir ao longo da sua história.

Também são comuns os sintomas físicos, como distúrbios do sono, sudorese, taquicardia, perda de apetite ou compulsão alimentar. "É preciso que a pessoa se perceba, para entender que algo está desequilibrado. Como qualquer doença, o diagnóstico precoce é o que vai determinar o sucesso nno tratamento", recomenda a psicóloga.

Márcia trabalhou 9 anos como psicóloga escolar, o que rendeu muita experiência com crianças e adolescentes também.Márcia trabalhou 9 anos como psicóloga escolar, o que rendeu muita experiência com crianças e adolescentes também.

Procurar o profissional certo é o que vai garantir a solução efetiva e permanente. Durante a terapia, ao contrário do que os leigos pensam, o paciente não vai apenas descobrir as origens de suas mazelas. Irá também aprender mecanismos para lidar com cada uma delas.

"Os distúrbios de comportamento levam as pessoas a repetirem erros. Só quando ela descobre a origem daquilo, ganha força e técnicas para se recuperar e reverter esses processos. O paciente criará instrumentos internos para pensar e agir diferente", explica a psicóloga.

Aprender a lidar com os problemas é a meta da psicoterapia. O objetivo não é acabar com sentimentos que nos seguem pela vida toda, como tristeza e frustrações, mas enfrentá-los de maneira equilibrada. 

Esse processo pode começar na infância, mas depende da consciência dos pais. Márcia Costa trabalhou por 9 anos como psicóloga escolar e ali entendeu o quanto a vida adulta precisa de preparação psicológica para transcorrer sem maiores traumas.

"Cada vez mais, os pais têm de perceber que psicoterapia não é supérfluo. Todos andam conectados demais e isso tem criado outros distúrbios que surgem já na infância. Cuidar da saúde mental é tão importante quanto cuidar do corpo. Até porque, muitos males emocionais acabam somatizados e viram doenças físicas", alerta.

Os custos das sessões também não são mais barreiras para o trabalho. Os profissionais da área costumam fazer pacotes e negociar valores de acordo com a realidade do paciente. "O compromisso com a profissão faz o profissional querer resolver o problema", justifica.

Márcia lembra que terapia não é sinal de fraqueza, mas de maturidade e inteligência emocional. "È uma caminhada importante. Estima-se que uma em cada dez pessoas manifestará algum desajuste, algum grau de angústia e dificuldade. A saúde mental está relacionada a forma como o indivíduo reage às exigências da vida e isso é fundamental para qualquer um ser feliz, para recuperar a capacidade de criar, pensar, compartilhar e sentir ", comenta ela.

A psicóloga Márcia Figueiredo Costa atende crianças, adolescentes e adultos. O consultório fica na Rua Rio Grande do Sul, 1530, Bloco 01, Sala 2. O atendimento deve ser agendado pelo (67) 99927-2101.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.