A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

29/09/2019 08:21

Amigo Dragão é RPG nacional com muitas referências a grandes games

Fernando Fenero
Amigo Dragão é um RPG de mesa, um jogo que desde seu surgimento consistia em interação social.Amigo Dragão é um RPG de mesa, um jogo que desde seu surgimento consistia em interação social.

Faz bem pouco tempo que a sociedade deixou de retratar os estereótipos do autismo, e começou a discutir a questão com mais seriedade e empatia, e com isso, um prisma de novas possibilidades vem se mostrando.

Amigo Dragão é um RPG de mesa, um jogo que desde seu surgimento consistia em interação social como fator determinante para o cumprimento dos objetivos, o que torna a proposta da editora Coisinha Verde ainda mais interessante.

O título em questão não é um RPG convencional, mas um jogo focado em ser amigável para crianças que estão dentro do espectro autista ou com dificuldades de interação social, uma chance de ouro para pais, tutores, professores e terapeutas de participar de uma atividade divertida para ambos e que proporcione para a criança a sensação de cumprir objetivos, solucionar problemas e exercitar a memória.

Para isso, os criadores do jogo (Tiago Junges, Aline Rebelo e Bruno Junges) se inspiraram em obras como Alice no País das Maravilhas, O Mágico de Oz, e games de sucesso como Last Guardian e The Legend of Zelda.

Talvez seja daí a maior inspiração para Amigo Dragão, é impossível não lembrar das aventuras de Link na série Zelda ao notar a arte do projeto e no gameplay. Em Zelda por exemplo, controlamos Link em busca de seus objetivos, mas sem nunca negar ajuda a quem ele encontra pelo caminho.

De “The Last Guardian”, o jogo herda a amizade de uma criança com uma criatura fantástica, tornando a jornada menos solitária e muito mais empática.

Amigo Dragão será um aliado poderoso para quem quiser criar essa ponte com a criança com autismo, que pode ser usada tanto de forma terapêutica e educacional, quanto só para entretenimento em casa, aplacando a dor de pais que tem a dificuldade de “entrar no mundo” de seu filho.

O financiamento coletivo está disponível no Catarse até dia 6 de Outubro, e já conta com um valor arrecadado suficiente para que o jogo seja feito e entregue para seus apoiadores, o que torna ainda mais interessante para quem quiser apoiar a ideia.

Os apoios começam com o valor de dez reais, que já garante o nome do apoiador no livro, e uma cópia digital do game, para leitura em tablets, celulares e computadores e para a impressão. Quem quiser o livro físico, pode contribuir com o valor de cinquenta reais, que garante nome no livro, o livro físico, a entrega e também o formato digital que normalmente tem acesso antecipado. Vale lembrar que quanto arrecadação for feita, mais cópias de Amigo Dragão serão disponibilizadas para ONG’s e clínicas especializadas em tratamento de jovens e crianças dentro do espectro autista.

Para apoiar o projeto, clique no link.

Conheça o Video Game Data Base, o museu virtual brasileiro dos videogames.

 

 

 

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.