A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

15/12/2016 11:45

Conheça diferenças entre modelos de Xbox One e o que esperar do Scorpio

Edson Godoy
Conheça diferenças entre modelos de Xbox One e o que esperar do Scorpio

Dezembro é uma época onde muitos gamers aproveitam as festas de fim de ano para investir em um novo console. Afinal, nada como um videogame novo para curtir as férias né? Hoje iremos falar das opções disponíveis na linha Xbox One, que teve neste ano o lançamento de um novo modelo, o Xbox One S, e que ganhará uma nova opção em 2017: o Project Scorpio. O Lado B e o Video Game Data Base assumem a tarefa de tentar explicar um pouco as diferenças de cada um desses aparelhos e ajudar você, caro leitor, a escolher o console que se encaixa melhor às suas necessidades.

Se você curte mais os consoles da linha PlayStation 4, clique aqui e confira a matéria em que falamos deles.

Xbox One tradicional
O primeiro modelo do Xbox One é um console pesado e de grandes dimensões. Existe um número imenso de versões desse primeiro modelo do aparelho, que possuem sempre a mesma configuração, variando apenas as cores da carcaça no caso das edições especiais, e também o tamanho do HD interno, que varia de 500 Gb a 1Tb.

Sua versão mais barata pode ser encontrada na faixa de R$ 1.200 a R$ 1.600. Há ainda a opção do modelo com o Kinect, o acessório de detecção de movimentos do Xbox One. Nesta configuração o preço fica na faixa de R$ 1.750 a R$ 2.200. Importante ressaltar que o Kinect foi praticamente abandonado pela Microsoft (clique aqui e confira a matéria onde falamos mais sobre isso).

Xbox One S
Ainda sem lançamento oficial no Brasil, a nova versão do Xbox One já pode ser encontrada no varejo do país. Seu preço ainda é um pouco salgado, ficando na faixa de R$ 2.500 em sua versão mais barata (com HD de 500gb). O Xbox One S trouxe algumas mudanças interessantes para a linha, que vão além da mera mudança estética do aparelho. Confira abaixo quais são as mudanças:

• Tamanho, peso e design – o console ficou quase 40% menor que o modelo original, ficando também mais “magro”, com a perda de 600 gramas no peso total. Além disso a cor padrão do console passou a ser branca. Além disso o console passou a ter fonte de energia interna, ao contrário da enorme fonte externa que era utilizada no Xbox One. Outra melhoria significativa é a possibilidade de utilizar o console na posição vertical, algo que o modelo antigo não permitia;

• Conexões – o console traz melhorias em suas conexões: o HDMI agora é 2.0 (era 1.4 no primeiro modelo), Wi-Fi com mais opções de conexão, Bluetooth 4.0 e saída Infravermelho (que possibilita que o controle do console vire um controle remoto universal para o aparelho de TV e demais do seu “setup”). A entrada para o Kinect foi retirada, sendo necessário a utilização de um adaptador (vendido separadamente) para poder usar o Kinect no novo console;

• Controles – foram ligeiramente remodelados, com nova textura na empunhadura, maior alcance e com possibilidade de troca das “faceplates”, além de poder conectá-los via Bluetooth para utilização nos PC’s e servirem como controle universal para outros aparelhos como TV’s, Home Theaters, etc.;

• Performance – o clock do CPU do console passou de 1.31 Tflops para 1.40 Tflops. Graças a esse incremento no processador e a saída HDMI 2.0, o console agora consegue fazer upscalling para 4K e transmitir em HDR. Não se trata de um verdadeiro aparelho 4K, pois como dito, o sistema permite apenas o upscalling, mas ainda assim o resultado fica muito bom, ainda mais quando somado ao HDR. Mas isso para jogos, pois o console vem equipado com um player de Blu-ray em 4K que permite a utilização de discos de blu-ray feitos especificamente para uso com 4K, de forma nativa. Detalhe importante: nem mesmo o PlayStation 4 Pro possui essa característica, pois seu player de Blu-Ray não é Ultra HD (4K). Ponto para a Microsoft!

• Capacidade do HD – enquanto o primeiro modelo do Xbox One variava de 500Gb a 1Tb de capacidade, o Xbox One S vai de 500Gb até 2Tb. A Microsoft anunciou que o modelo de 2Tb saiu apenas em edição limitada de lançamento. Quem sabe mudem de ideia depois;

Project Scorpio
Previsto para ser lançado no final de 2017, esse novo modelo de Xbox One (ou será um novo console?) é prometido para ser o concorrente direto ao PlayStation 4 Pro. Será um aparelho totalmente 4K, capaz de rodar a tecnologia de forma nativa tanto em vídeos quanto nos jogos. O Scorpio rodará os mesmos jogos que Xbox One e Xbox One S, porém com qualidade superior.

As informações liberadas até agora indicam que o console será 5 vezes mais poderoso que o primeiro Xbox One (6 TFlops de processamento). O console será ideal para rodar com sistema de realidade virtual. Apesar da Microsoft estar produzindo nenhum sistema VR, a expectativa é que trabalhe em conjunto com alguns dos já estabelecidos do mercado, como Oculus Rift e HTC Vive.

Na semana que vem encerraremos nosso pequeno guia sobre os consoles da atual geração falando sobre a Nintendo. A coluna de games do Lado B tem o apoio da loja Press Start. Visite o Vídeo Game Data Base, o museu virtual brasileiro dos videogames.

 




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.