ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUARTA  01    CAMPO GRANDE 25º

Games

Street Fighter V Champion Edition é pacote completo de um grande game de luta

Por Ricardo Syozi | 20/02/2020 06:52
Chegamos a 2020 e recebemos a versão definitiva de Street Fighter V: a Champion Edition.
Chegamos a 2020 e recebemos a versão definitiva de Street Fighter V: a Champion Edition.

Adquiri meu PlayStation 4 no fim de 2015 para me preparar para o motivo da aquisição que seria lançado em março do ano seguinte. Quando Street Fighter V chegou, o pré-load já havia sido feito e logo fui empolgado desfrutar de horas de jogatina. Bom, foi o que pensei. Porém o game tinha toda uma cara de incompleto: poucos personagens, poucos cenários, modos single-player bem limitados e pouco divertidos, até mesmo o bem projetado V-System tinha cara de beta. O game estava longe de ser considerado bom.

A Capcom havia dito que tinha a intenção de dar suporte ao título até 2020, então engoli as críticas, escolhi um main (foi o Vega), e passei a treinar para as batalhas online. Poucos meses depois, foi só o que acabei realmente fazendo no jogo. Com o tempo, Street Fighter V foi recebendo atualizações, ganhou corpo, uma cara que permanece até hoje. Os campeonatos ficaram divertidos de assistir, e mesmo com problemas ainda rolando (netcode, estou olhando para você), o game parecia estar em uma constante melhora.

Se você esperou até agora para começar a sua aventura com V-Skills, V-Triggers e V-Reversals, essa hora é formidável.
Se você esperou até agora para começar a sua aventura com V-Skills, V-Triggers e V-Reversals, essa hora é formidável.

Chegamos a 2020 e recebemos a versão definitiva de Street Fighter V: a Champion Edition. Com o perdão da piada óbvia, mesmo após tanto tempo, o game tem realmente a cara de campeão que nasceu para ter, pois a série jamais perdeu seu reinado. Se você esperou até agora para começar a sua aventura com V-Skills, V-Triggers e V-Reversals, essa hora é formidável.

Street Fighter V: Champion Edition traz todo o conteúdo previamente lançado: Ao todo são 40 personagens (o maior roster da série), 34 estágios, mais de 200 skins, duas opções de V-Trigger e V-Skill por lutador, modos de jogo como Arcade, Desafios, Sobrevivência, etc. O melhor de tudo é que qualquer pessoa dona do jogo base automaticamente (e de forma gratuita) recebe a atualização. Lembrando que todos os personagens além dos iniciais podem ser adquiridos com fight money, então não há a necessidade de se pagar por isso. É claro que se o jogador quiser liberar tudo de uma vez, há a opção de adquirir todo o pacote de Champion Edition por menos de R$ 80,00.

Em se tratando de jogabilidade, há um novo patch que rebalanceia os lutadores, além das já citadas adições no V-System. O roster é bem completo, com muitas variedades de estilos de jogo. Cabe aqui dois pontos que acho que faltaram nessa versão do game: a adição de uma segunda Critical Art por personagem e um novo menu para o Champion Edition. Com isso, o game teria ainda mais cara de novidade.

Champion Edition aparenta ser a versão definitiva de um game de luta que engatinhou, mereceu as muitas críticas, mas que amadureceu de uma forma ótima, digna de estar no ranking de melhores títulos do gênero já lançados. É prazeroso aprender as manhas de um personagem que antes acreditávamos não encaixar em nosso jeito de jogar, ou até mesmo vencer um adversário online que antes era impossível. Posso dizer que foi muito bacaninha ver o crescimento e desenvolvimento de Street Fighter V e que a jornada foi sensacional, mal posso esperar para ver o que virá depois.

Conheça o Video Game Data Base, o museu virtual brasileiro dos videogames.

Ao todo são 40 personagens (o maior roster da série), 34 estágios, mais de 200 skins, duas opções de V-Trigger e V-Skill por lutador, modos de jogo como Arcade, Desafios, Sobrevivência.
Ao todo são 40 personagens (o maior roster da série), 34 estágios, mais de 200 skins, duas opções de V-Trigger e V-Skill por lutador, modos de jogo como Arcade, Desafios, Sobrevivência.