ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 15º

Sabor

Aprenda fazer ovo de Páscoa sem açúcar que é liberado para crianças

Receita não vai adição de açúcar, mas traz ganache de chocolate e pão de mel.

Por Letícia Ávila | 30/03/2021 06:15
Ovo saudável é ótima opção para criançada. (Foto: Paulo Francis)
Ovo saudável é ótima opção para criançada. (Foto: Paulo Francis)

Toda época de Páscoa, a gente sabe: não tem ninguém que goste e que não resista a um bom chocolate. O ovo de Páscoa é mais do que tradicional e cada vez vem com uma novidade no que se refere ao recheio, sabor, textura e ingrediente. Para quem tem filhos pequenos, uma receita saudável faz a diferença para quem quer permitir chocolate, mas ainda não pode permitir o açúcar para a criançada.

Por isso, o Lado B trouxe uma receita de Ovo de Páscoa recheado com pão de mel e saudável não só para as crianças, mas para todos os gostos, inclusive para quem é celíaco e intolerante à lactose. O ovo de chocolate é recheado com brownie feito com farinha de amendoim e ganache de chocolate feita com leite de caju e manteiga ghee.

Ovo de chocolate com ganache e pão de mel. (Foto: Paulo Francis)
Ovo de chocolate com ganache e pão de mel. (Foto: Paulo Francis)

Confira a receita de Ovo de Páscoa Saudável com ganache e pão de mel:

Ingredientes:
Para a casquinha de chocolate: 240g de chocolate 70% cacau – ou pelo menos 50%.

Para o recheio de ganache: 1 e ½ xícara de leite vegetal (leite de coco, caju, arroz, etc), 2 colheres de sopa de manteiga ghee, 4 colheres de sopa de cacau em pó, 2 colheres de sopa de mel.

Para o recheio de pão de mel: 1 xícara de amido de milho, 1 xícara de farinha de grão de bico, 1/4 xícara de farinha de amendoim, 1/2 xícara de óleo de girassol ou manteiga ghee, 2 ovos, 1/2 xícara de mel e 1/3 xícara de açúcar mascavo, 1 xícara de água quente, 1/4 xícara de chocolate em pó, 1 colher de chá de canela em pó, 1/2 colher de chá de cravo em pó e 1/2 colher de chá de noz moscada, 1 pitada de sal e 1 colher de sopa de fermento em pó.

Instruções: Para temperar o chocolate, derreta o equivalente a 2/3 da quantidade total do chocolate. Quando o chocolate tiver derretido, vá acrescentado o restante da quantidade. Adicione aos poucos e mexa bem, para que derreta com o calor do chocolate já derretido. Quando todo o chocolate estiver derretido e homogêneo, cubra a fôrma da casquinha do ovo com uma camada fina. Leve a geladeira até que endureça. Repita o processo pelo menos mais uma vez e reserve.

Para o recheio de ganache, coloque todos os ingredientes na panela até engrossar, em torno de 30 min ou até o ganache desgrudar da panela.  Retire do fogo e coloque em um recipiente de vidro. Coloque na geladeira e reserve.

Para o recheio de pão de mel, misture as farinhas em uma tigela e reserve. Em outra tigela, bata o açúcar, mel a manteiga ghee até se incorporarem. Adicione os ovos e bata bem, até ficar homogêneo. Acrescente as especiarias, chocolate em pó e pitada de sal e misture. Agora, vá acrescentando aos poucos e intercalando, o mix de farinhas e a água quente. 6. Misture bem, para que a massa vá ficando bem homogênea. Por fim, adicione o fermento. O ponto da massa é mais líquido. Despeje a massa em fôrma untada e polvilhada com chocolate em pó. Asse em forno pré-aquecido a 180 graus por 30-40 minutos. Deixe amornar e desenforme. Corte a massa em quadradinhos do tamanho desejado.

Para montar o ovo, retire da geladeira o ovo pronto, coloque o pão de mel. Depois o ganache. Depois outra camada da casquinha para fechar o ovo. Leve para a geladeira até endurecer. Retire depois de pronto e bom apetite!

Nutricionista Graziella explica a receita. (Foto: Paulo Francis)
Nutricionista Graziella explica a receita. (Foto: Paulo Francis)

A nutricionista Graziella Samir Nammoura, que preparou a receita, explica que a época de Páscoa desperta o desejo pelo chocolate. “O ovo de Páscoa é muito simbólico, especialmente para as crianças. É uma forma de dar o ovo saudável”, explica.

“É interessante que os pais até façam a receita junto com a criança, porque assim ela aprende a preparar o alimento, descobre os ingredientes e também participa do processo”, ressalta.

Não basta ser saudável, é importante também ele ser saboroso. A nutricionista explica que o sabor e aparência são fundamentais. “Ele precisa ser convidativo, para a criança poder comer com os olhos, ter vontade”.

Ovo pode ser feito em família, junto com as crianças. (Foto: Paulo Francis)
Ovo pode ser feito em família, junto com as crianças. (Foto: Paulo Francis)

Sobre o açúcar para as crianças, a nutricionista recomenda a partir dos cinco anos de idade. “Porém, têm mães que dão a partir dos dois, porque as crianças estão em um meio social que favorece essa vontade. A gente tem que ser flexível, mas não é sair dando chocolate, aquele ao leite, né, e sim dar opções mais saudáveis”, explica.

Além de evitar excesso de peso e doenças relacionadas à obesidade infantil, a nutricionista explica que não dar açúcar para a criança também colabora para a modulação de seu paladar. "Quanto mais açúcar você dá, o bebê vai ficando com o paladar mais doce. A criança tem uma sensibilidade aumentada para o doce, e aí passa a ser mais seletiva e evitar inclusive os doces das frutas, um doce natural. Enquanto puder evitar esses alimentos ao longo da infância é melhor", explica.

Açúcares com baixo índice glicêmico, como açúcar de coco e açúcar mascavo, são boas opções. O mel também é uma forma de adoçar sem prejudicar a saúde da criança, porém, não é indicado nos primeiros anos de vida pelo risco de botulismo, segundo Graziella.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário