A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Agosto de 2019

11/04/2019 08:17

De panceta de porco a tilápia, lanchonete incrementa recheio do pão francês

O espaço foi criado por casal que abre todos os dias a partir das 19h na Mata do Jacinto.

Alana Portela
Panceta com uma mini porção de pururuca, molhos de alho, geleia de abacaxi e geleia de pimenta (Foto: Paulo Francis)Panceta com uma mini porção de pururuca, molhos de alho, geleia de abacaxi e geleia de pimenta (Foto: Paulo Francis)

Na Mata do Jacinto há quase dois anos, o Ponto Com Francês levou para periferia o que Campo Grande já conhecida no centro da cidade. São lanches variados feitos no pão francês, servidos por Wendell de Souza e a esposa Joice de Souza. De X-Burger à sanduíche com panceta suína e tilápia, eles usam a criatividade para atrair a clientela. 

A proposta surgiu enquanto trabalhavam em uma igreja. “Queríamos fazer um lanche diferente usando o pão francês e isca de carne. Uma senhora que frequentava o local comentou sobre a ideia, pensamos nele e durante um evento que tinha cinco mil pessoas, passamos a preparar e percebemos que a nossa barraca era a única que tinha uma fila para comprar. Notamos que a procura pelas nossas opções, aumentava e conseguimos fazer um dinheiro bom”, conta ele.

Foi a partir da procura que os empreendedores pensaram em montar um ponto fixo, para que assim, aqueles que aprovaram a peculiaridade pudessem os procurar novamente e repetir a “dose”.

Wendell relata que, no começo, além da parceria da esposa, uma cunhada também quis apostar na ideia e o primeiro passo foi descobrir de onde a cultura de comer carne no pão francês surgiu. “Esse costume é de São Paulo. Depois disso, pesquisamos várias coisas que pudessem ajudar a elaborar os lanches e os nomes. Os nossos recheios são isca de carne bovina, suína, de frango e até de peixe”, disse.

O empresário Wendell de Souza usa giz colorido para escrever na parede o menu flutuante do dia (Foto: Paulo Francis)O empresário Wendell de Souza usa giz colorido para escrever na parede o menu flutuante do dia (Foto: Paulo Francis)

Atualmente o espaço oferece dez opções de lanches mais um flutuante no cardápio, que é rabiscado com giz na parede do empreendimento por Wendell a cada 20 dias. Outra coisa que também chama atenção no Ponto Com Francês é a decoração, meio rustica e interativa, com frases motivacionais e informações para os clientes.

“No começo minha cunhada escrevia, mas agora eu que mexo. Colocamos frases de incentivos, motivações e informações de valores, opções e das sobremesas“, comenta Wendell. O empreendedor conta que o espaço já realizou até rodízios para os clientes conhecerem seu cardápio, em 2018. “Foi um sucesso, mas devido à correria paramos. No entanto, pretendemos retornar neste ano”, diz.

Entre as opções mais pedidas do cardápio estão; o Pãozitto, preparado com isca de carne bovina, queijo mussarela, vinagrete e creme de alho e o Franguitto, com o frango no lugar. No menu fixo tem a Carne Louca, com carne bovina desfiada e pancetta de porco que acompanham a cebola caramelizada, queijo mussarela e uma mini porção de pururuca. O cliente ainda pode escolher o Tudão no Francês, Calabrese, Frango Cremoso, X-Salada, X-Burger ou o Dog Francês.

“Temos também alguns lanches mais elaborados com preços variados no flutuante que escrevo na parede. Tenho sempre uma novidade de lanche, como o Tilapia no Frances, Filé Mignon no Frances, Panceta que fazemos na panela de pressão e depois desfiamos. Esse pedido tem um detalhe, é um lanche que combina com o agridoce. Temos cebola caramelizada, geleia de abacaxi e geleia de pimenta vermelha, a pessoa escolhe entre esses agridoces”, explicou o empreendedor.

Wendell ao lado da esposa e sócia, Joice de Souza e a filha de seis anos, Geovanna de Souza (Foto: Paulo Francis)Wendell ao lado da esposa e sócia, Joice de Souza e a filha de seis anos, Geovanna de Souza (Foto: Paulo Francis)

Wendell e Joice dizem que têm um segredinho. “A gente preza pela carne fresca, todos os dias compramos carne para não perder a propriedade, o sabor especial. Também cuidamos dos temperos, vou em empórios seleciono as opções, esse é o nosso segredo. Criei um mix de tempero para os lanches. A Pepper Lemon é bacana para frango, peixe. No hambúrguer artesanal, colocamos o tempero Fumaça, que defuma a carne”, conta Joice deixando-nos com água na boca.

No meio da conversa, Wendell recorda de um pedido dos clientes. “Alguns lanches do flutuante eles querem que vão para o cardápio fixo, como o da carne soleada, com banana da terra, creme cheese e outros produtos. Fazemos com carne de costela na chapa e o pessoal gosta muito”, recorda.

Para aqueles que também gostam de doces, Joice faz brownie recheados e pudim de pão. “Sempre que sobra tempo faço os brownies e quando sobra pão fazemos pudim. Assim evitamos o desperdício. Aproveitamos tudo”, destaca.

Apesar do empreendimento estar na ativa há quase dois anos, o ponto é mais um dos trabalhos do casal. Isso porque, no período da manhã Wendell trabalha como motorista na Uber, enquanto sua esposa é secretária. A rotina dos dois é corrida, mas o objetivo e investir ainda mais no Ponto Com Francês. “Ainda não deu para ficar apenas aqui, porem pretendemos aumentar o horário de atendimento”, falaram.

Enquanto a conversa rolava, a cliente Miriam Leiguez com seu esposo Luiz Lima se aproximaram e acomodaram-se em uma cadeira. Fiel, ao ser questionada sobre o motivo que a leva já há sete meses ao local, ela diz que o preferido é o Franguitto. "Vem com frango e quando colocam o queijo para dar uma dourada, fica uma delícia. Temos curiosidade de variar nos sabores”, afirmou.

A lanchonete fica na Rua Olímpio Klafke, 222, Mata do Jacinto, e abre todos os dias de 19h às 23h.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

A decoração do espaço é rústica e na parede além do menu flutuante, também estão frases inspiradoras  (Foto: Paulo Francis)A decoração do espaço é rústica e na parede além do menu flutuante, também estão frases inspiradoras (Foto: Paulo Francis)
O Ponto Com Francês exista há quase dois anos na Mata do Jacinto, em Campo Grande (Foto: Paulo Francis)O Ponto Com Francês exista há quase dois anos na Mata do Jacinto, em Campo Grande (Foto: Paulo Francis)
Brownies recheados também são vendidos no local (Foto: Paulo Francis)Brownies recheados também são vendidos no local (Foto: Paulo Francis)
O pudim de pão produzido pela Joice também é solicitado pelos clientes (Foto: Paulo Francis)O pudim de pão produzido pela Joice também é solicitado pelos clientes (Foto: Paulo Francis)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.