A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

22/02/2018 08:10

Do intestino ao brilho do cabelo, bocaiúva vira rainha na alimentação e beleza

Bate-papo mostou como a bocaiúva é encontrada com muita facilidade no Pantanal e agora é fonte de renda de uma pequena agroindústria no interior do Estado, a Sr. Ouro Verde

Thaís Pimenta
Encontro aconteceu na noite de ontem no Território Lab, que fica na Avenida Euclides da Cunha. (Foto: Paulo Francis)Encontro aconteceu na noite de ontem no Território Lab, que fica na Avenida Euclides da Cunha. (Foto: Paulo Francis)

Conhecida por apelidos como Chiclete de Boi, Chiclete Pantaneiro ou Bugre, a bocaiuva não era considerada ingrediente importante até muito recentemente. Mas hoje é rainha em Mato Grosso do Sul. 

A iniciativa de mexer com o que já era nosso e que existe em abundância em terras pantaneiras, começou em Bodoquena. Luís Sérgio Minert foi um dos que perceberam o poder comercial da frutinha. Há cerca de dez anos, ele plantou em sua chácara vários pés da palmeira de bocaiuva, que só foram dar frutos cerca de cinco anos depois.

De uma maneira bem artesanal, ele criou a empresa Sr. Ouro Verde e passou a oferecer produtos para facilitar a inclusão da fruta na dieta dos brasileiros. Hoje em dia, vende a polpa da fruta, o óleo de coco de bocaiuva, a farinha da polpa e a farinha do coco. Com pequenas iniciativas como essa, aliada a forte tendência de aumento no consumo de alimentos funcionais, ela também ganha cada vez mais estudos sobre as propriedades bioativas.

O fruto, cortado ao meio e um smoothie de bocaiúva. (Foto: Paulo Francis)O fruto, cortado ao meio e um smoothie de bocaiúva. (Foto: Paulo Francis)

Na noite de ontem (21) o Território Lab promoveu uma oficina com a nutricionista e consultora Monyque Gomes sobre a importância do fruto do cerrado. "Ela é uma fruta muito difícil de lidar. Sua casca é dura, têm amêndoa dentro então muita gente acaba deixando ela de lado, o que é muito triste, já que têm benefícios incríveis para a saúde", diz.

A fruta é uma excelente fonte de betacaroteno é um carotenoide (pigmento que se transforma em vitamina no organismo) é antioxidante, proporciona brilho e fortalece o Cabelo. Quando ingerido o Betacaroteno pode se transformar em Vitamina A se o corpo estiver deficiente dessa vitamina. "Combate o envelhecimento precoce, fortalece o sistema imunológico e auxilia na visão", explica a nutricionista.

Por ser muito fibrosa, é ótima para quem tem intestino com funcionamento irregular. "Isso tudo além de ser vegana, com carboidratos complexos em pouca quantidade e riquíssima em ômega 3", completa.

O óleo de coco de bocaiuva tem acidez de 0,2%, em média, o que permite seu uso na preparação de comidas ou até mesmo como tempero. Sem contar seus benefícios para a beleza, um poderoso hidratante de pele e de cabelo. O melhor de tudo é o preço, que sai bem mais em conta do que o de um óleo de coco baiano, por exemplo. "Um pote com 200 ml sai a R$ 20", diz.

Oleo de coco de bocaiúva sai mais barato e alia os mesmo benefícios que do oleo de coco da Bahia. (Foto: Paulo Francis)Oleo de coco de bocaiúva sai mais barato e alia os mesmo benefícios que do oleo de coco da Bahia. (Foto: Paulo Francis)

O mais bacana é que quase todas as suas partes podem ser consumidas, menos a casca. A polpa tem fins culinários, a castanha e a amêndoa têm um diferencial que a maioria das sementes dos outros frutos não tem. "Ela não precisa ser aquecida pra ir para o organismo. Você pode abrir uma bocaiúva e comer tudo em seu interior in natura".

E pra quem pensa que só dá pra fazer doces com o alimento, se engana. Abaixo ensinamos a preparar um creme de bocaiúva, que substitui um purê de batata e ainda é mais nutritivo. "Acompanha muito bem peixes, como pintado, e também filé de frango". Confira:

Creme de bocaiúva:

- Ingredientes: 1 caixinha de creme de leite (250ml);

                      1 vidro de leite de coco (250 ml);

                      4 colheres de sopa de farinha de bocaiúva.

-Modo de preparo: No liquidificador, bata a farinha com o leite de coco, leve a mistura ao fogo até levantar fervura. Quando estiver borbulhando, desligue. Acrescente o creme de leite, mistura bem, e está pronto. 

Curta o Lado B no Facebook  e no Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.