A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

06/08/2019 09:45

Do prato ao drink, veja onde achar o sabor do Pantanal no menu de Campo Grande

Culinária e carne pantaneira ganharam versões até em bebidas; Quer incluir receita na lista? envie para o Lado B

Danielle Valentim
Recanto Feliz serve a porção de arraia. (Foto: Recanto Feliz)Recanto Feliz serve a porção de arraia. (Foto: Recanto Feliz)

Apresentar a culinária sul-mato-grossense para quem é de fora já não se resume à Feira Central ou Mercadão Municipal. As opções se expandiram e dezenas de restaurantes, churrascarias e pizzarias incluíram no menu o gostinho pantaneiro. O Lado B preparou uma lista de lugares que decidiram homenagear o Estado com ingredientes bem regionais.

Com pratos assinados pela chef Fernanda Buono, o bar Mercearia lançou em julho um menu cheio de sabores regionais, a começar pelo Surtum do Pantanal, um arroz carreteiro com carne bovina de surtum e linguiça bovina, acompanhado de purê de banana da terra, tomatinhos, farofa de alho e salada de folhas verdes. 

Também há porção de pimentas dedo de moça recheadas de carne seca, fatias de chipa paraguaia acompanhadas de caldo de piranha e pudim na lata com farofa de castanha de cumbaru. No cardápio, ainda há a Caipirinha Pantaneira com xarope de erva mate, Bugre Mule com notas de bocaiúva e o chope Moagem Tereré Ipa. As opções ficam disponíveis somnete neste mês de agosto.

Surtum do Pantanal – arroz carreteiro com carne bovina de surtum e linguiça bovina.Surtum do Pantanal – arroz carreteiro com carne bovina de surtum e linguiça bovina.
Bugre Mule com notas de bocaiúva. Bugre Mule com notas de bocaiúva.

Na Avenida Eduardo Elias Zahran, a Don Zito serve a Pizza da Terra com molho branco, banana da terra, carne de sol temperada, catupiry, coberta com muçarela e orégano, por R$ 49,90, e a Pantaneira com molho de tomate, muçarela, carne de sol temperada, palmito, bacon, catupiry e orégano.

No MaÓ Buteco Gastronômico, na Eduardo Santos Pereira são oferecidos quatro pratos regionais, a Isca de Jacaré marinada no vinho tinto, por R$ 49, o Cupim soleado salteado na manteiga com mandioca (prato participante do Festival Brasil Sabor), por R$ 43, o pastel de carne soleado com nata e catupiry e o Bolinho Vacatolada que é feito de costela desfiada, premiado como o 3º melhor petisco do Estado no festival Bar em Bar 2018.

Na Afonso Pena, a Casa Colonial tem gostos da região sul, mas também incluiu no cardápio um Risotto de Carne de Sol com abóbora, banana da terra e queijo. O prato individual custa R$ 68.

Além de Mato Grosso do Sul, o restaurante Cerrado, na Chácara Cachoeira, estendeu a homenagem ao bioma e serve o Risoto Cerrado, com carne soleada, banana da terra frita, feijão fradinho e crispie de mandioca por R$ 39. Os drinques variam de R$ 26 a R$ 31 e ganham versões bem regionais, como o Pantaneiro, o Cerrado, o Cabocla, o Lobo Guará, o Acauã e a Sangria Pantaneira.

Na Rua 7 de Setembro, o Yallah criou releituras libanesas. O restaurante serve a partir desta semana uma novidade: o arroz pantaneiro com cordeiro desfiado. A receita é preparada pelo chef e proprietário Paco Kawijian, que substitui a tradicional carne de sol da receita original pela carne de cordeiro, que antes de preparada passa dias marinando no vinho. O valor do prato é R$ 38.

Com variedade que vão da culinária brasileira à europeia, o Território do Vinho da Euclides da Cunha também abre espaço para o regional. Por R$ 54, o Risoto Pantaneiro tem carne de sol desfiada.

Grand Cru, também na Euclides da Cunha, serve um cheesecake assinado pelo chef Bruno de Abreu, com "chocolate pantaneiro" e ingredientes regionais na composição, por exemplo, a farofa e base de castanha de baru e o chocolate do cheesecake da Angi, marca sul-mato-grossense.

O regional chegou, inclusive, às cantinas. Na Masseria da Afonso Pena o risoto de carne seca tem banana da terra por R$ 57. Na Cantina Romana, da Rua da Paz, o pescado é dos rios de MS: filé pintado com molho de alcaparras por R$ 87. De sobremesa, receita da casa é o bombom com banana da terra e canela, por R$ 4.

Linguiça de jacaré servida no Picanhas Grill.Linguiça de jacaré servida no Picanhas Grill.
Cheesecake da Grand Cru. (Foto: Bruno Abreu)Cheesecake da Grand Cru. (Foto: Bruno Abreu)

Apesar da culinária japonesa, o Sushi Ya da José Antônio não deixa de servir o sabor pantaneiro. No cardápio, o cliente tem o sashimi de salmão ao molho pantaneiro, com limão, hondashi, cebola e demais condimentos, por R$ 34,90. Além disso, também oferece o sashimi de tilápia ao molho pantaneiro, por R$ 29,90.

Tem toque de Corumbá até na Cozinha Proteica, restaurante da Rua das Garças,  com a “pizza de batata doce pantaneira” recheada com carne seca, banana da terra, massa feita com batata doce, sem glúten e sem lactose, por R$ 9,90.

O Vermelho Express do Shopping Campo Grande serve o bife pantaneiro, do jeito que comitiva faz. São 150 gramas a R$ 25,50, com arroz, ovo frito, bacon, brócolis e batata palha.

O Pantaneiro Burguer é dica na Hambugreria, da Mascarenhas de Moraes, feito com pão de mandioca, hambúrguer de carne de Surtum, queijo nicola empanado e frito, receita criada na Nhecolândia, distrito de Corumbá. Vai ainda bacon em cubos, maionese de ovo caipira, com mel de Jateí e pimenta de cheiro. A unidade do lanche custa R$ 31,90.

Com mais de 50 opções de pizzas doces e salgadas na Bom Pastor, a Pedaço da Pizza tem como um dos hits a Pantaneira, uma versão elaborada da clássica carne de sol, com molho de tomate, mussarela, carne de sol, tomate, banana da terra, azeitona verde e orégano.

Tem sabor regional também na periferia. No restaurante Picanhas Grill, da Avenida Brilhante, são servidas duas versões da linguiça de jacaré: a Corumbá, com queijo coalho e a Pantaneira bem apimentada. Por 500 gramas do embutido mais o self service do buffet, o cliente paga R$ 33,90. Na Vila Morumbi, o restaurante da Conveniência Recanto Feliz serve até porção de arraia, ao som do chamamé.

Incluiu no cardápio algum prato em homenagem a Mato Grosso do Sul e que entrar na nossa lista? Mande para o Lado B no Facebook, Instagram ou e-mail: ladob@news.com.br .

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.