A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

09/06/2017 07:05

Gente louca por comida de arraial faz lista para ninguém sair frustrado da festa

Não dá pra chegar na festa junina e só encontrar comida de feira, o bom é ter tradição nas barracas.

Eduardo Fregatto
Até o cachorro-quente tem um gosto especial nesta época do ano, graça aos arraiais. (Foto / Arquivo)Até o cachorro-quente tem um gosto especial nesta época do ano, graça aos arraiais. (Foto / Arquivo)

É só chegar o mês de junho que muita gente já fica ansiosa pela temporada de festas juninas. E, claro, a estrela principal da noite é a comida, como descreve a estudante Ingrid Eudosciak, uma das ansiosas que aguardam pelos dias de arraial: “São as melhores comidas”. O problema é quando a gente chega no lugar e só encontra cachorro-quente e churrasquinho.

Nas redes sociais, tem gente pedindo para ser convidada e até se reunindo em grupos só para comentar o que é servido pelas festas juninas da cidade. Para não frustrar ninguém e deixar a dica aos que vão promover esse tipo de evento, o Lado B foi atrás dos maiores fãs do arraial e perguntou o que não pode faltar de jeito nenhum!

“Tem aquela lista tradicional, especialmente de coisas de milho, como curau, milho verde, canjica, pamonha, bolo de milho, bolo de fubá, pipoca...”, cita o arquiteto e urbanista André Samambaia, 31 anos, grande fã das festas deste período.

Ele e a companheira, a revisora de textos Dáfini Lisboa, 29 anos, aguardam ansiosamente pelo mês de junho. “Tem comida que não pode faltar mesmo, como cachorro-quente e arroz carreteiro, meus preferidos”, aponta Dáfini. “Mas eu não ligo de ter coisas diferentonas”, completa.

As coisas “diferentonas” podem ser descritas como, por exemplo, pastel e espetinho, que nos últimos anos tomaram conta da festividade. “Nas últimas festas que fui, eu percebi a presença de foodtrucks, sanduíches, sopa paraguaia”, relata Raína de Alencar Menezes, de 30 anos, que se mudou há pouco tempo para Campo Grande. “Foge um pouco do tradicional, mas eu acho válida essa diversidade de opções”.

Outras comidas citadas pelos fãs incluem maçã do amor, paçoca e o pé-de-moleque. “Fico com água na boca”, afirma Raína, que incusive está acompanhando de perto, pelas redes sociais, a programação das festas de Campo Grande.

Itens obrigatórios - De qualquer forma, se for para criar uma lista oficial dos quitudes necessários para legitimar uma verdadeira festa junina, basta anotar as dicas: muitos alimentos oriundos do milho (curau, pamonha, pipoca), bolos (de milho, mandioca, fubá), doces (pé-de-moleque, canjica, maçã do amor, cocada) e, claro, o cachorro-quente e arroz carreteiro. Pastel e espetinho podem ser bem-vindos, mas não são exatamente a prioridade.

E, aliás, de todas as pessoas consultadas para esta reportagem, 100% citou um item imprenscindível para fazer a alegria da noite, ainda mais no tempo frio que geralmente domina essa época do ano: o quentão é simplesmente fudamental.

Nesta época, o que não falta é imagem de comida nas redes sociais, lembrando que menu junino tem de ser caprichado.Nesta época, o que não falta é imagem de comida nas redes sociais, lembrando que menu junino tem de ser caprichado.

Confira algumas das próximas festas na Capital:

09 a 13/06: Festa de Santo Antônio (Paróquia Santo Antônio - Travessa LydiaBaís)

10/06: Arraiá da Igreja São Francisco de Assis (Rua 14 de Julho, 4213)

Arraiá da AACC/MS (Poliesportivo Dom Bosco)
Arraial das riquezas do Brasil (Colégio Auxiliadora)

10 a 13/06: Arraiá de Santo Antônio de Campo Grande (Parque de Exposições Laucídio Coelho)

10 a 25/06: Quermesse da Sagrado Coração de Jesus (Av. Mato Grosso, 3220)

14/06: Rockermesse da Brava (Avenida Calógeras, 3100)

19/06: Arraial Astronômico 2017 (Casa da Ciência UFMS, no gramado do Glauce Rocha)

22/06: Arraiá Artfísica (Estância das Flores - Avenida Cônsul AssafTrad, 3484)

24/06: São João do Valuíno na Valu (Bar da Valu - Rua Treze de Maio, 4541)

Curta o Lado B no Facebook.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.