ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 23º

Sabor

Lanche de 23 cm com salsichão do “Kid Bengala” bomba em lanchonete

No bairro Pioneiros, dono desafia cliente a comer salsichão, e bomba com ícone da pornografia em propaganda

Por Thailla Torres | 05/06/2021 10:12
Cachorro-quente tem salsichão de 23 centímetros e "tem gente que não aguenta", diz o dono. 
Cachorro-quente tem salsichão de 23 centímetros e "tem gente que não aguenta", diz o dono.

Lanchonete do bairro Pioneiros, em Campo Grande, chamou a atenção nas redes sociais nesta semana. O dono resolveu apelar em um de seus anúncios usando Kid Bengala, figura lendária da pornografia, como “garoto propaganda”. O espaço ainda oferece um cachorro-quente bem sugestivo, com salsichão de 23 centímetros.

A ideia foi do proprietário Jean Medina, de 33 anos, conhecido na cidade como Paçoca. Quem curte funk ou já foi a um dos bailões na periferia da cidade certamente já ouviu falar dele, que nunca teve preguiça de fazer qualquer coisa para chamar a atenção em suas festas. E com sua nova lanchonete não foi diferente.

“Estou acostumado a pensar em coisas assim pra chamar a atenção, e deu certo. Em um ano de portas abertas essa foi a semana que eu mais recebi clientes, acho que 95% das pessoas adoraram”, comenta.

Jean publicou Kid Bengala desafiando o cliente a comer um salsichão generoso. Mas afirma que há clientes que não engolem tudo. “É um salsichão mesmo”, ri. “Tem gente que não consegue comer tudo e leva pra casa”, acrescenta.

Propaganda foi ideia de produtor de eventos que abriu lanchonete para sair do sufoco na pandemia. 
Propaganda foi ideia de produtor de eventos que abriu lanchonete para sair do sufoco na pandemia.

A lanchonete funciona há um ano e chama "Sabor de Mãe Dogueria". O empreendimento surgiu na pandemia para Jean sair do sufoco. “Sem chance de fazer festa eu precisei me reinventar. Sou cozinheiro, aprendi muita coisa com a minha mãe, por isso, resolvi fazer cachorro-quente”.

De terça a domingo ele oferece 6 opções de lanches, todos à base de salsichão. O dono também não tem dó de recheio e capricha nas opções. “Cachorro-quente tem que ser de qualidade e pra matar a fome”.

No cardápio os lanches levam nomes de raças de cães, como labrador, chow chow, shih tzu, poodle e pinscher, mas sem deixar de fora o bom e velho vira-lata. E qualquer cachorro-quente custa R$ 21,99.

A lanchonete fica na Rua Ana Luiza de Souza, 1182 – Bairro Pioneiros. Funciona de terça a domingo a partir das 18h.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário