ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 25º

Sabor

Na semana do macarrão, saiba onde comer massa feita pelo chef

Estamos na semana do macarrão e por isso preparamos uma lista com casas tradicionais para você degustar um bom prato de massa

Por Raul Delvizio | 28/10/2020 07:11
Massa, molho e proteína: sempre uma boa pedida (Foto: Cantina Masseria)
Massa, molho e proteína: sempre uma boa pedida (Foto: Cantina Masseria)

Ao combinar massa, molho, temperos e uma boa salpicada de queijo parmesão, você garante um dos melhores comfort food e o mais italiano de todos. Particularmente, nunca vi alguém recusar um bom prato de macarrão. Já está tão incorporada no nosso paladar que regularmente se encontra nas mesas espalhadas por esse "Brasilzão". Isso sem contar o dia de domingo, nada mais tradicional que almoçar em família a iguaria.

Para celebrar a semana em que se comemora o Dia do Macarrão, em 25 de outubro, o Lado B preparou uma lista com os endereços mais tradicionais para quem deseja comer massa sem ficar insatisfeito, e preparados de um jeitinho tradicional.

Talharim com molho rosé acompanhado de sobrecoxa de frango (Foto: Cantina Romana)
Talharim com molho rosé acompanhado de sobrecoxa de frango (Foto: Cantina Romana)

Confira abaixo algumas sugestões (em ordem alfabética):


Cantina Masseria – Restaurante familiar inaugurado em 1996, tem a produção diária de massas frescas. Fora a localização, outro ponto tradicional na Capital. Sugestões são o nhoque ou fettuccine a caçadora (R$ 59), lasanha a quatro queijos (R$ 57) preparada com a massa verde da casa, ou ainda o rondelli recheado de espinafre e ricota (R$ 59). O diferencial fica também na hora do almoço, quando é servido um buffet (R$ 42) que inclui as várias opções de macarrão que a cantina prepara.

Atendimento para o almoço no esquema de buffet é de segunda a sexta, das 11h às 14h, e aos finais de semana até às 15h. Jantar somente a la carte, de 18h30 às 23h. Endereço é na avenida Afonso Pena, 4311, bairro Jardim dos Estados.


Cantina Romana – Desde 1978, a casa sabe preparar um bom prato de macarrão. Começou pelos avós nonno Giorgio e nonna Clara, junto ao atual patriarca da família. Tanto a massa quanto os molhos são preparados de modo caseiro. O forte é o tagliarini alla cacciatora (R$ 73), que é um talharim com molho rosé a base de vinho tinto acompanhado de um pedaço suculento de sobrecoxa de frango. Super tradicional, está no cardápio há 42 anos.

Aberto todos os dias da semana para o almoço, de 11h às 14h, e na hora do jantar, de 18h às 22h30. Endereço é na rua da Paz, 237, bairro Jardim dos Estados.


Casa Colonial – No esquema de galeteria-restaurante, a casa foi fundada em 1992 aqui na Capital, apresentando a boa tradição da culinária sulista aliada a elegância e refinamento. No rodízio de galetos (R$ 88), o cliente tem a opção de vários acompanhamentos, um deles sendo a massa da casa – talharim ou espaguete ao molho sugo e/ou na versão alho e óleo. As massas são preparadas somente com farinha vinda do Rio Grande do Sul e ovos caipiras.

Para o almoço, atendimento é de terça a sábado, das 11h às 14h30, e aos domingos até às 15h. Jantar somente de segunda a sábado, das 18h30 às 00h. Endereço é na avenida Afonso Pena, 3997, bairro Jardim dos Estados.

Pra variar o formato, sugestão de parpadelle ao molho sugo (Foto: Enoteca Decanter)
Pra variar o formato, sugestão de parpadelle ao molho sugo (Foto: Enoteca Decanter)

Enoteca Decanter – O conceito é totalmente de um bistrô, com foco na cozinha internacional principalmente a italiana. As massas da casa são todas importadas da Itália, e o cliente pode escolher o tipo de massa e o molho que preferir. Uma sugestão única é o pappardelle al ragu panna (R$ 62), que nada mais é que uma massa mais larga que o tipo fettuccine; já o molho é a base de ragu (tomate e carne) juntamente com nata fresca e queijos especiais, todos vindos do Rio Grande do Sul.

Atendimento às segundas, das 17h às 00h; terça a sábado, das 8h às 00h; e domingo de 9h às 16h. Jantar somente de segunda a sábado, das 18h30 às 00h. Endereço é na rua Paraíba, 214, bairro Jardim dos Estados.


La Buona Cucina – Super familiar, está há mais de 30 anos presente em Campo Grande. Começou pelo avô Messina, criador do molho Pomarola. A filha fez um curso com o renomado chef ítalo-brasileiro Sergio Arno, e quis abrir uma opção de rotisserie delivery. Lá, o cliente pode trazer o seu próprio refratário e levar pra casa uma receita italiana de qualidade. Nesse esquema, o prato que mais sai é o ravióli recheado de tomate seco com mussarela de búfala e manjericão ao molho rosé (R$ 56/kg), além da opção bem diferente de tortelli de cordeiro ao molho de menta (R$ 62/kg).

Atendimento de terça a sábado, das 9h às 18h, e aos domingos, das 9h às 13h. Endereço é na rua Bahia, 945, bairro Jardim dos Estados.


Pietro i Maria – O espaço é reconhecido por preparar massas praticamente todas feitas na casa. Nos últimos 7 anos, o restaurante buscou enaltecer aquilo de mais tradicional – que nunca podem faltar no cardápio – para o campo-grandense. Um exemplo é o trio de macarrões mais clássicos de todos: alla bolognese, alla carbonara e alla puttanesca (R$ 49-59). O espaço garante que esses três carros-chefes saem bastante e entram regularmente no esquema de promoção, seja para atender uma única pessoa, casais ou trios.

Atendimento de terça a domingo, das 11h às 15h e 18h às 23h. Endereço é na rua Euclides da Cunha, 88, bairro Jardins dos Estados.


Caso as opções acima não te agradem, existe também a possibilidade de degustar comida italiana no estilo "fast food" de forma prática e rápida pela rede de franquias Spoleto, presente em todos os shoppings da Capital.

Mas convenhamos: vai deixar um bom prato italiano feito pelo chef de lado?

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Aqui, receita de spaghetti alla puttanesca (Foto: Pietro i Maria)
Aqui, receita de spaghetti alla puttanesca (Foto: Pietro i Maria)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário