ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  23    CAMPO GRANDE 31º

Sabor

Negócio de família, pizzaria começou com ‘tira gosto’ na Copa de 1990

No Coophasul, José foi o primeiro a vender pizza que na época saia a R$ 7 na promoção

Por Jéssica Fernandes | 17/02/2024 08:43
Desde 1990, José da Silva Xeres tem pizzaria em bairro da Capital. (Foto: Alex Machado)
Desde 1990, José da Silva Xeres tem pizzaria em bairro da Capital. (Foto: Alex Machado)

No Bairro Coophasul, a pizzaria Bella Massa é endereço conhecido pela vizinhança. Com quase 34 anos de história, o local começou a funcionar despretensiosamente quando o dono só queria fazer um ‘tira gosto’ para ver os jogos da Copa do Mundo de 1990.

Garçom, oficial de justiça, ajudante em fazenda e por último pizzaiolo dono do próprio negócio. José da Silva Xeres, de 65 anos, teve diferentes experiências de trabalho antes de se dedicar à pizzaria. O estabelecimento começou a funcionar na varanda de casa no dia 7 de junho e segue assim até hoje.

Qual time estava jogando com o Brasil nessa data, ele não lembra. Só sabe que na ocasião queria algo para acompanhar a cerveja e quando viu estava assando pizza para metade dos conhecidos da rua.

Para fazer pizza, José pediu cozinha emprestada da esposa. (Foto: Arquivo pessoal)
Para fazer pizza, José pediu cozinha emprestada da esposa. (Foto: Arquivo pessoal)

O registro dessa primeira fornada foi feito pelo filho Rafael Gonzales Xeres, de 40 anos. Na foto José aparece ao lado da esposa Emeli, que faleceu em 1995. A história deste dia,  ‘Zé’ volta a recordar.

“Veio a Copa do Mundo e eu era fanático por isso. Falei para minha esposa: ‘Você me empresta a cozinha que vou fazer umas pizzas para gente’. Ela não acreditou que eu faria. Quando ela chegou eu estava lá mexendo na massa. Isso foi na quinta-feira e quando foi na segunda-feira comprei um forno maior para atender o pessoal”, comenta.

Depois disso, José nunca mais parou de trabalhar na pizzaria que começou com o nome de ‘Casa da Pizza’. No Bairro Coophasul, segundo o proprietário, o empreendimento foi o primeiro do ramo na região. As outras pizzarias que existiam na cidade também eram poucas ao ponto dele lembrar o nome e endereço de algumas. “Tinha a La Gondola, Água na Boca’, cita.

Rafael relembra dos tempos de garçom na infância. (Foto: Alex Machado)
Rafael relembra dos tempos de garçom na infância. (Foto: Alex Machado)

As histórias da pizzaria podem ser conferidas nas fotografias que a família guarda. Em 1990, enquanto ele fazia as pizzas, o filho mais velho atendia as mesas. Rafael tinha menos de 10 anos quando ajudava o pai como garçom.

“Eu lembro que levava o cavalete pintado pelo giz bem rústico com ‘temos pizzas’. Eu levava as coca-colas, servia pizzas e não tinha bandejas. A forma saia do forno quente e eu levava direto para as mesas”, fala.

Enquanto o filho mais velho ajudava, segundo José, o mais novo de cinco anos também fazia sua parte. “Meu filho Gabriel ajudava o pessoal a tomar coca-cola nas mesas”, ri. Nessa época, as pizzas grandes que José faziam custavam apenas R$ 7. Em 2024, a pizza sai a partir de R$ 42.

Em 1990, estabelecimento vendia pizza por R$ 7. (Foto: Alex Machado)
Em 1990, estabelecimento vendia pizza por R$ 7. (Foto: Alex Machado)
Suspiro de fada tem frango, queijo, creme de leite e outros ingredientes. (Foto: Arquivo pessoal)
Suspiro de fada tem frango, queijo, creme de leite e outros ingredientes. (Foto: Arquivo pessoal)

Suspiro de fada - O carro-chefe da casa é a pizza ‘suspiro de fada’ que é uma invenção do proprietário, A massa acompanha molho, mussarela, frango catupiry, milho, creme de leite, azeitonas e orégano. Além dela, a pizzaria tem mais de 40 sabores, como siciliana, napolitana, lombo acebolado, calabresa, atum, provolone, três queijos, brigadeiro e por aí vai.

Independente do sabor, o empresário garante que as pizzas tem qualidade. Essa característica é uma das responsáveis pelo sucesso que mantém o negócio. “Para eu estar esse tempo todo é porque tem qualidade, senão não vigora”, destaca.

Hoje, José ainda acompanha o negócio de perto, mas quem fica na linha de frente do atendimento é o filho Rafael e a neta Rafaela, de 20 anos. Da mesma forma que a família dele acompanhou o negócio, os clientes também levando os filhos e netos.

A pizzaria Bella Massa está localizada na Rua Cotegipe, 1134, Bairro Coophasul. O horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 18h às 23h.

Com apoio do filho e da neta, José segue mantendo tradição da pizzaria. (Foto: Alex Machado)
Com apoio do filho e da neta, José segue mantendo tradição da pizzaria. (Foto: Alex Machado)
Na imagem, José está acompanhando por funcionários e os dois filhos. (Foto: Alex Machado)
Na imagem, José está acompanhando por funcionários e os dois filhos. (Foto: Alex Machado)

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias