ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 21º

Mapa Interativo

Mande foto de quando era criança e conte onde gostava de brincar

Hoje é Dia das Crianças, um momento para valorizar a infância e lembrar o que mais te marcou nela

Por Thailla Torres | 12/10/2021 07:15

Hoje é Dia das Crianças, dia de celebrar os que ainda estão pequenos e conscientizar sobre o valor da infância feliz para a vida. Para alguns agora com cabelos brancos também é um dia de lembranças da infância, do momento preferido, que muitos preferem que não saia da memória.

Por isso o Lado B de hoje te convida a mandar sua foto de infância e contar onde mais gostava de brincar. Basta clicar em 'Enviar relato' no Mapa Interativo do Campo Grande News acima.

O fim de semana de Geice com os primos na casa dos avós. (Foto: Arquivo Pessoal)
O fim de semana de Geice com os primos na casa dos avós. (Foto: Arquivo Pessoal)

Como fez a Geice Battiston, que lembrou que o melhor dia da semana era quando a mãe lhe acordava cedo com a frase “levante e se arrume que vamos almoçar na casa da vó Luiza e do vô Cid”. As brincadeiras na residência até hoje situada no Monte Líbano eram garantidas. “Na calçada de casa, de bicicleta, patins, pique no alto. Era uma alegria só. Se aquela piscina falasse, as brincadeiras eram inúmeras, em baixo d'água a imaginação ‘nadava solta’, caça ao tesouro, mestre mandou, mímicas, competições diversas, cambalhotas e saltos”.

Mas, como toda casa de avô militar, existiam regras, mas isso nunca incomodou e nem tornou a infância menos feliz. “Dentro de casa não podíamos correr, após o almoço era a hora do descanso, não podia entrar na piscina até o vô Cid levantar, e entrar na casa molhado em hipótese alguma. Infelizmente, nessa vida estamos de passagem, alguns entes queridos se foram, e deixaram seus ensinamentos e lembranças de dias inesquecíveis. Mas, ali sempre foi uma casa cheia de histórias, e como diz o ditado: avós são pais com açúcar”, pontua.

Na década de 90, Saulo brincando ao lado da irmã e a mãe na janela observando os filhos. (Foto: Arquivo Pessoal)
Na década de 90, Saulo brincando ao lado da irmã e a mãe na janela observando os filhos. (Foto: Arquivo Pessoal)

Já o dentista Saulo Mioto tem como melhor lembrança da infância os fins de semana na Colônia de Férias, da Associação Comercial de Campo Grande. “Quase todos da família possuíam o título, então reservávamos 3 ou 4 bangalôs para toda a família. A concorrência era tão grande que em vésperas de feriado exista uma grande fila para conseguir as reservas. Naquela época, existia um pequeno zoológico com cervos, antas, capivaras, araras, tucanos, peixes e outras aves que serviam de atração logo na entrada para quem chegava”, recorda.

Uma das fotos preferidas de Daiane brincando com a irmã. (Foto: Arquivo Pessoal)
Uma das fotos preferidas de Daiane brincando com a irmã. (Foto: Arquivo Pessoal)

As fotos ao lado da irmã, Fran Luz, serão sempre a melhor parte da infância da jornalista Daiane Luz. “Temos uma memória da nossa época de criança que é muito boa e rara hoje em dia. Brincávamos muito na rua, com os amigos. Jogávamos bets, bola, queimada e subíamos em árvores dos terrenos vagos que tinham perto de casa. Comíamos frutas direto do pé, manga, goiaba, acerola e amoras”.

Leandro gostava do tempo que podia brincar à vontade nas ruas. (Foto: Arquivo Pessoal)
Leandro gostava do tempo que podia brincar à vontade nas ruas. (Foto: Arquivo Pessoal)

Nascido e criado em Campo Grande, o empresário e acadêmico de Direto Leandro Gamarra da Silva Gonçalves, de 25, anos, morou na Vila Jacy até os 10 anos. “Tenho ótimas recordações da infância.  Soltei muita pipa e adorava jogar bola na pracinha no bairro. No bairro Santo Antônio, onde a avó Elcy Gonçalves morava e reunia os netos, jogamos muito bets na rua com os primos. Além disso, nunca perdia a oportunidade de brincar de guerra de mamona. Hoje, infelizmente, é raro ver as crianças na rua”, finaliza.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias