ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  22    CAMPO GRANDE 33º

Mapa Interativo

No mapa da “melhor vista”, leitor ama lugar para ver o pôr do sol

Por Thailla Torres | 15/05/2021 07:40

Não é de hoje que céu de Campo Grande dá show em dois momentos do dia: amanhecer e entardecer. Tem gente que até para o trânsito só para fazer um clique do céu sul-mato-grossense. O Mapa Interativo publicado nesta semana pelo Campo Grande News reúne alguns lugares para se ter a melhor vista da cidade, alguns deles, segundo os leitores, são bons mesmos para admirar o pôr do sol que impressiona quase o ano inteiro.

No caminho para o trabalho, vista privilegiada para o fotógrafo Henrique Kawaminami é no Lago do Amor. (Foto: Henrique Kawaminami)
No caminho para o trabalho, vista privilegiada para o fotógrafo Henrique Kawaminami é no Lago do Amor. (Foto: Henrique Kawaminami)

Nem todas as regiões da cidade foram exploradas, mas algumas foram campeãs de indicações pelos leitores. Conhecidas, a Lagoa Itatiaia e o Parque das Nações Indígenas, apesar de não dar uma vista tão ampla da cidade ganharam indicações pela garantia de um pôr do sol encantador.  “Vista linda e um pôr do sol incrível”, descreveu o advogado João Miguel Lemos.

Teve gente que apostou que a melhor vista é da saca do próprio apartamento em edifício da Avenida Afonso Pena, mas como ninguém tem acesso, a administradora Adair Christina garante ter um mirante particular. “A vista mais bela que já vi do céu de Campo Grande. Consigo ver praticamente toda cidade em uma só lugar”, comemora.

Gabriela indicou como melhor vista a guampa que fica na Duque de Caxias.
Gabriela indicou como melhor vista a guampa que fica na Duque de Caxias.

Já a jornalista Silvia Tada lembrou de um dos lugares mais altos da cidade, na região da Vila Planalto. “Nascer do sol a partir da Vila Planalto. Um espetáculo diário”, garante.

A Gabriela De Moraes destacou a guampa de tereré na Avenida Duque de Caxias, mas ressaltou: “Qualquer lugar é lindo, depende da nossa visão”

Para Érica Natália Malamão, uma das melhores vistas é o Parque das Nações Indígenas. “As fotos lá são sempre as melhores”, afirma. E ressaltou mais uma vez os encantos do lugar. “Dá para fazer várias atividades como piquenique, caminhar, andar de bicicleta, reunir a família, jogar bola, levar as crianças no parquinho”.

Teve gente que preferiu caminhar um pouco mais para ter vista privilegiada não só dos prédios, mas da natureza que rodeia a cidade. “Morro do Ernesto é um lugar mágico. Quando você sobe o morro a vista lá de cima é espetacular, parece que suas energias são renovadas, não sei explicar, é surreal. Foi a melhor sensação que já tive. Todos têm que ir nesse lugar um dia, eu já fui duas vezes e se me chamarem de novo, eu vou”, afirmou Katlen Carvalho Becker

Eliane Ware e outros leitores indicaram a beleza da vista da Lagoa Itatiaia.
Eliane Ware e outros leitores indicaram a beleza da vista da Lagoa Itatiaia.
Foto da jornalista e fotógrafa Marithê do Céu no Monte Castelo.
Foto da jornalista e fotógrafa Marithê do Céu no Monte Castelo.

André Patroni voltou no tempo e lembrou da vista encantadora na laje da casa de sua mãe. “Subi na laje de casa quando minha mãe disse que eu deveria fotografar um lindo arco-íris que tinha se formado. Do alto, apontei a câmera e registrei o momento em que o arco colorido envolve como um domo a cidade de Campo Grande. Logo em seguida publiquei nas redes sociais. Poucas semanas depois a foto foi premiada pelo Campo Grande News em um concurso que celebrava os 15 anos do site. É a melhor vista da cidade, amo aquele lugar”.

Mais uma do amanhecer do fotógrafo Henrique Kawaminami.
Mais uma do amanhecer do fotógrafo Henrique Kawaminami.

Para o fotógrafo Henrique Kawaminami, que todos os dias fotografa o amanhecer para as matérias sobre o tempo no Campo Grande News, não faltam lugares que rendem boas fotos do céu. “Gosto muito de fotografar as fotos do tempo do jornal em lugares altos, onde consigo ver o horizonte e dependendo do horário consigo contemplar o nascer do sol. Infelizmente ou felizmente, o sol vai mudando de lugar onde nasce, o que cada paisagem se torna única. Do alto de viadutos e na Afonso Pena consigo ter essa cena. Gosto muito também de colocar de algum jeito a natureza na fotografia, e um lugar que tenho acesso por ser meu caminho pro jornal é o Lago do Amor”, indica.

Veja abaixo os lugares indicados no mapa.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias