A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

22/02/2018 16:16

Autuações por caça de animais subiram 75% no ano passado em MS

Valores das multas também subiram 113,83% em 2017

Danielle Valentim
Penalidade criminal é de seis meses a um ano e meio de detenção e multa. (Foto: Divulgação/PMA)Penalidade criminal é de seis meses a um ano e meio de detenção e multa. (Foto: Divulgação/PMA)

Balanço da PMA (Polícia Militar Ambiental) revela autuações contra 35 caçadores no ano passado, número 75% superior com relação a 2016. O balanço divulgado nesta quinta-feira (22) também apontou mais de R$ 116 mil em multas, um aumento de 113,83% com relação ao ano anterior.

A caça ilegal não é uma atividade que desperte grande preocupação em Mato Grosso do Sul, porém 35 pessoas foram flagradas praticando a caça ilegal em 2017, número 75% superior às autuações de 2016, quando foram 30 autuados.

Os valores de multas foram 113,83% maiores em 2017, com relação a 2016. Foi aplicado um valor de R$ 116.000,00 em 2017, contra R$ 54.200,00 no ano de 2016.

Conforme a polícia ambiental, esses valores não são taxativos com relação à quantidade de ocorrências, pois o valor de multa por animal é variante, tendo em vista que é de R$ 500 por animal fora das listas de espécies em extinção e da Convenção sobre Comércio Internacional de Espécies da Flora e da Fauna em Perigo de extinção (CITIES) e, de R$ 5 mil para os que estejam em quaisquer destas listas.

O número de autuados também não significa maior quantidade de ocorrências, pois em alguns casos, os caçadores estão em grupos e todos são autuados independentemente de terem abatido um único animal durante a caçada. A penalidade criminal é de seis meses a um ano e meio de detenção e multa.

De todos os trabalhos executados pela PMA de prevenção e minimização aos crimes contra a fauna, dentre eles a caça, é a Educação Ambiental.

CAPTURA DE ANIMAIS 2017 - Em 2017, a PMA capturou 1742 animais silvestres nos centros urbanos no Estado, número 25% maior com relação a 2016.

TRÁFICO DE ANIMAIS 2017 - Com relação ao tráfico, a PMA apreendeu 521 aves vítimas de tráfico e autuou em R$ 290 mil traficantes no Estado em 2017. Para o combate ao tráfico, os Policiais dedicam-se também ao combate aos compradores dos animais silvestres ilegais.

CRIAÇÃO DE ANIMAIS EM ILEGALMENTE EM CATIVEIRO 2017 - No ano passado, foram 21 pessoas autuadas por manter animais silvestres em cativeiro, número semelhante ao ano de 2016, quando foram autuadas 24 pessoas. Foram aplicadas multas que perfizeram o valor de R$ 263.800,00, número também semelhante a 2016, em que o valor foi de R$ 262.000,00. Ressalta-se que esse número não envolve animais apreendidos pelo tráfico. Não havia comércio, mas somente a criação. Foram apreendidos 516 animais em 2017 e 498 em 2016, a maioria aves.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions