A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

09/03/2018 14:15

Campo Grande vai sediar conferência internacional de incêndios florestais

Evento pretende estimular a cooperação técnica entre países

Kleber Clajus
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assinou termo de cooperação com o Ibama (Foto: Edemir Rodrigues/Subcom MS)O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assinou termo de cooperação com o Ibama (Foto: Edemir Rodrigues/Subcom MS)

Campo Grande vai sediar, em maio do ano que vem, a 7ª Conferência Internacional sobre Incêndios Florestais (Wildfire). Um protocolo de cooperação técnica com o Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis) foi assinado, nesta sexta-feira (9), pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o prefeito Marquinhos Trad (PSD).

No ano passado, Mato Grosso do Sul apresentou queimadas acima da média com mais de 7,4 mil focos de incêndio. Corumbá, a 419 quilômetros da Capital, ficou em quarto lugar no ranking mundial de ocorrências. Esses aspectos pesaram na escolha para sediar o evento, iniciado em 1989, com objetivo de estimular a cooperação e consolidar uma abordagem de manejo do fogo para reduzir danos socioeconômicos e ambientais causados por incêndios.

Marquinhos ressaltou que quando o clima se faz bastante seco, entre os meses de julho a setembro, existe a preocupação de maior incidência de queimadas no Estado. Por isso, o Wildfire vai garantir a "troca de experiências a fim de preservar a nossa maior riqueza que são os recursos naturais". Já Azambuja disse que "Mato Grosso do Sul vai ser o primeiro Estado do país Carbono Neutro" porque ao se "prevenir fogo ajuda a combater o CO2 e o aquecimento global. Esse desequilíbrio do clima acaba trazendo consequências".

Representando o comitê organizador o chefe do Gerenciamento de Serviço de Combate a Incêndio Florestal e Aviação dos Estados, Gordy Sachs, agradeceu o empenho dos entes públicos para que um grupo global de especialistas na área possam debater na Capital as estratégias de gestão de incêndios florestais, assim como seus campos relacionados da silvicultura, clima e meteorologia, ecossistemas, desastres e segurança e saúde humana.

Também participaram do evento integrantes do International Liaison Committee, o ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República Carlos Marun, presidente substituto do Ibama Luciano Evaristo, os secretários de Governo Eduardo Riedel, de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico Jaime Verruck, de Segurança Pública Antônio Carlos Videira, Municipal de Cultura e Turismo Nilde Brun, assim como o senador Pesro Chaves (PRB) e o deputado estadual Maurício Picarelli (MDB).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions