A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

13/04/2019 16:47

Com licença ambiental, área de mata é posta abaixo perto de rio

Equipe da Polícia Militar Ambiental foi ontem ao local e verificou que supressão vegetal tem autorização do Imasul

Aline dos Santos
Desmatamento em Rio Verde mobilizou denúncias, mas supressão vegetal tinha autorização. (Foto: Direto das Ruas)Desmatamento em Rio Verde mobilizou denúncias, mas supressão vegetal tinha autorização. (Foto: Direto das Ruas)

Uma área de mata foi posta abaixo a cem metros do Rio Verde, no município de Rio Verde de Mato Grosso, a 207 km de Campo Grande, e provoca preocupação sobre os impactos no meio ambiente. A extensão do desmatamento seria de 140 hectares em uma fazenda.

Equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) foi ontem ao local e verificou que supressão vegetal tem licença do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

A reportagem apurou que o MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) também foi acionado e deve verificar se a área desmatada compreende o total autorizado pelo órgão estadual de meio ambiente. O pedido de supressão vegetal foi autorizado em 25 de fevereiro.

“Todas essas intervenções na parte alta estão se refletindo na planície. No planalto, na região entre Rio Verde e Coxim, já se suprimiu mais de 80% do Cerrado. O rio Taquari é reflexo desses processos que não estabelecem a causa e efeito entre o planalto e a planície”, afirma o coronel reformado e presidente do Instituto Homem Pantaneiro, Ângelo Rabelo.

De acordo com ele, a nascente do Rio Verde é parecida com a do Rio da Prata, conhecido pelas águas cristalinas. O Prata foi tomado pela lama em novembro do ano passado e o problema de turvamento do rio levou a novas regras e debate sobre proteção em Jardim e Bonito

Em Bonito, desde a década de 1990 a economia se equilibrava em pecuária e turismo, mas está em marcha a troca de pastagem pelo cultivo da soja. O avanço da lavoura é feito, em geral, em terras arrendadas e com dispensa de medidas para reter a água, como as curvas de níveis.

A enxurrada lava o solo, segue pelas estradas, chega aos rios menores, que vão desaguar nos chamados rios cênicos e os sedimentos turvam as águas cristalinas.

Trecho de área desmatada em fazenda de Rio Verde. (Foto: Direto das Ruas)Trecho de área desmatada em fazenda de Rio Verde. (Foto: Direto das Ruas)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions