ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  16    CAMPO GRANDE 19º

Meio Ambiente

Com sensação térmica de 47ºC, domingo teve calorão acima de 40ºC em 23 cidades

A umidade relativa do ar também ficou abaixo de 12% em 21 cidades

Por Adriano Fernandes | 19/09/2021 18:14
Pôr do sol em dia de calor intenso no Estado. (Foto: Marcos Maluf)
Pôr do sol em dia de calor intenso no Estado. (Foto: Marcos Maluf)

Mato Grosso do Sul teve um domingo (19) de calorão intenso, com 23 municípios registrando acima de 40ºC na temperatura. Outras 37 cidades tiveram calor de 38ºC em um dia que também foi marcado pela falta de chuvas, e umidade relativa abaixo de 12% em 21 cidades.

O ideal para o organismo humano é umidade relativa do ar entre 40% e 70%, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). Em Água Clara, cidade mais quente do Estado, neste domingo os termômetros chegaram 42,3ºC com sensação térmica de 47ºC, e umidade em 10%.

Entre as cidades mais quentes também estão Rio Brilhante (40,9ºC), Corumbá (40,6ºC), Cassilândia (40,4ºC), Jardim (40,3ºC). Em Ribas do Rio Pardo e Angélica a temperatura foi de 40,3 ºC com sensação de 44,3ºC. Nestes municípios a umidade relativa do ar ficou entre 11% e 15%.

Campo Grande e Dourados tiveram 38,8ºC de temperatura com sensação térmica de 44ºC, seguidos de Ivinhema (39,3ºC), Costa Rica (37,5ºC) e Ponta Porã (37,2ºC). Nestas cidades a umidade ficou entre 12% e 18%, situação de quase emergência. Não há previsão de chuvas no Estado, nesta segunda-feira (20) e o calor vai continuar.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrahão, da Uniderp, o panorama do calor em Mato Grosso do Sul tem atingido índices preocupantes. "Nunca se viu uma massa de ar seca e quente no MS a dois dias da primavera. Já tivemos máximas acima de 40ºC este ano, mas não passou de cinco municípios, agora, atingiu mais de 42ºC em mais de 20 municípios. Isso é atípico", comenta.

O meteorologista também chama a atenção para a seca no Rio Paraguai. "A evaporação da água nas bacias foi de 140 ml por hora em cada metro quadrado do rio Paraguai, ou seja, em dez horas o Rio Paraguai perdeu 1,4 litro de água por metro", conclui.

Onda de calor - Desde ontem Mato Grosso do Sul começou a enfrentar uma ondade calor que deve durar pelo menos até quarta-feira (22), segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) e temperatura de até 45ºC. A marca de 45ºC está prevista para ser alcançada já na segunda-feira (20) em Coxim e se repetir no dia seguinte em Aquidauana e Corumbá e novamente em Coxim. Água Clara e Bonito podem chegar aos 44ºC na quarta-feira. Porto Murtinho deve enfrentar termômetros entre 42ºC e 43ºC nos próximos dias.

Campo Grande pode enfrentar calorão de 43ºC na segunda e terça-feira e de 42ºC na quarta, segundo o Inmet.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário