ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 13º

Meio Ambiente

Depois do "Cometa do Diabo", Brasil poderá ver "Lua Cheia Rosa"

Para ver o fenômeno, basta observar o céu, sem nenhum equipamento, por volta das 16h30

Por Viviane Oliveira | 23/04/2024 07:06
Apesar do nome do fenômeno, Lua não mudará de cor (Foto: Bill Ingalls, NASA)
Apesar do nome do fenômeno, Lua não mudará de cor (Foto: Bill Ingalls, NASA)

Depois da passagem do Cometa do Diabo, mais uma vez os olhares se voltam ao céu. Na noite desta terça-feira (23), é a Lua que chama atenção no fenômeno chamado de “Lua Cheia Rosa”, visível em todo o país.

O nome da Lua cheia do mês de abril foi dado pelos povos nativos do Hemisfério Norte, que relacionavam a época do ano ao desabrochar das flores em razão do início da primavera naquela parte do planeta. Algumas dessas flores possuíam a cor rosa e, por isso, deram o nome ao fenômeno.

Apesar do nome, o satélite natural não terá mudança de cor nesta terça-feira. Para ver o fenômeno, basta observar o céu, sem nenhum equipamento, por volta das 16h30 (horário de Mato Grosso do Sul), quando a Lua deve surgir no horizonte. O acontecimento será uma “superlua”, que se dá quando a Lua cheia acontece próxima ao perigeu, ou seja, quando ela está mais próxima da Terra.

Essa movimentação resulta em uma Lua cheia cerca de 14% maior e 30% mais brilhante do que no apogeu, momento em que ela está mais distante. Dessa forma, nem toda lua cheia é uma “superlua”, porque o fenômeno depende da fase específica em que ela está completa para ocorrer no momento de maior aproximação.

Segundo o calendário astronômico do Observatório do Valongo, da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), o ano de 2024 terá duas superluas: uma entre os dias 17 e 18 de setembro e a outra em 17 de outubro

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias