A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

05/02/2019 14:35

Em 2018, traficantes foram flagrados com 143 animais silvestres em MS

De acordo com PMA, foram aplicados R$ 145 mil em multas; de agosto a dezembro, a fiscalização se intensifica

Silvia Frias
Dos animais apreendidos, 98% eram papagaios (Foto/Divulgação: PMA)Dos animais apreendidos, 98% eram papagaios (Foto/Divulgação: PMA)

Fiscalização nas estradas em Mato Grosso do Sul, em 2018, resultou na apreensão de 143 animais silvestres transportados ilegalmente, destes, 98% eram papagaios, segundo a PMA (Polícia Militar Ambiental). No período, foram aplicadas R$ 145 mil em multas.

Segundo a PMA, foram aplicados R$ 290 mil em multas em 2017 e apreensão de 521 animais em 2017. No período, houve apreensão única de 250 canários-da-terra com um traficante que levaria as aves para o Nordeste.

De agosto a dezembro o tráfico se intensifica, por ser o período reprodutivo dos papagaios que é o animal mais traficado.

Os municípios que recebem monitoramento mais específico são Jateí, Batayporã, Bataguassu, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Anaurilândia, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Brasilândia, além de Naviraí e Mundo Novo. Nessa região, ninhos também são monitorados pela PMA.

Outro tipo de tráfico é o do canário-peruano. Esse animal entra no Brasil, trazido por traficantes peruanos, bolivianos e brasileiros, sendo levado, na maioria das vezes, para Brasília (DF), norte de Minas Gerais e municípios do Nordeste para serem utilizados em “rinhas”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions