ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 32º

Meio Ambiente

Em minutos, Campo Grande registra 26 mm e já supera previsto para o mês

A chuva na Capital começou por volta das 4h30 e alagou ruas na região do Lago do Amor e da Rua da Divisão

Por Viviane Oliveira | 29/10/2020 08:14
Pedestre caminhando em meio a enxurrada na região central de Campo Grande, nesta manhã (Foto: Henrique Kawaminami)
Pedestre caminhando em meio a enxurrada na região central de Campo Grande, nesta manhã (Foto: Henrique Kawaminami)

Em poucos mais de 30 minutos, Campo Grande ultrapassou o total de chuva previsto para esse mês. Segundo o meteorologista da Uniderp/Anhanguera, Natálio Abrahão, até as 7h já haviam sido registrados 26 mm (milímetros). O volume esperado era 134,2 milímetros. Mas até às 7h foram 141, 9 mm. Já são 7,7 mm a mais.

Por causa do tempo, o Aeroporto Internacional opera por instrumentos para pousos e decolagens. Segundo o site da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), não foram registrados atrasos que trouxessem transtornos aos passageiros.

A chuva na Capital começou por volta das 4h30 e alagou ruas na região do Lago do Amor e da Rua da Divisão. Até 6h30, o volume ainda não havia ultrapassado o esperado para o mês.  Segundo o meteorologista, foi registrado precipitação também em Iguatemi (13 mm), Itaquiraí (16 mm), Aral Moreira (26,8 mm),  Amambai (32,2) e Santa Rita do Pardo (7,5mm). Choveu forte com ventania em Ponta Porã (41,2 mm) e Bonito (51,88 mm).

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu 3 alertas para tempestade de ontem para hoje com chuvas de até 50 mm por dia, ventos intensos e queda de granizo. Há risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário