A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

19/07/2018 16:31

Estiagem atinge mais de 40 municípios e MS tem cidade há 60 dias na seca

Julho já é considerado o mês mais seco do ano. Cemtec monitora 45 municípios que sofrem com a estiagem

Izabela Sanchez
Clima seco registrado na manhã desta quinta-feira (19) em Campo Grande (Saul Schramm)Clima seco registrado na manhã desta quinta-feira (19) em Campo Grande (Saul Schramm)

Mato Grosso do Sul amarga o tempo seco. Conforme o Cemtec-ms (Centro de Monitoramento de Tempo e do Clima). A estiagem ocorre quando um local fica dez dias seguidos sem chuva. No Estado, os 45 municípios monitorados pelo Centro registram estiagem. Cassilândia bateu o recorde e está há 60 dias na seca.

Em seguida, Coxim não registra chuva há 56 dias e Sidrolândia há 38. Campo Grande está sem chuvas há 36 dias. O Cemtec afirma que em julho, a estimativa de chuva média é de 36,4 milímetros. Julho já é considerado o mês mais seco do ano.

O Cemtec explica que a estiagem ocorre em razão da intensidade do sistema de alta pressão que atua no Brasil Central e permanece até meados de setembro. O sistema, explica o Centro, inibe as formações de chuva e reduz a umidade relativa do ar.

Até o momento, a chuva só atingiu municípios da fronteira com Bolívia e Paraguai , com pancadas de até dois milímetros. Segundo o Cemtec, julho deve terminar com acumulados muito abaixo da média histórica. “Em comparação aos últimos quatro anos, o período de estiagem não apresentou alterações significativas, conforme banco de dados do CEMTEC', afirma o Centro.

Frente fria - As chuvas devem chegar apenas no final de julho, com destaque para as regiões sudoeste, sul e na Capital. O fim de semana será marcado pela frente fria que chega na sexta-feira (20). A frente deixará o tempo nublado com diminuição nas temperaturas, mas não traz chuva.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions