ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 17º

Meio Ambiente

Governo lança programa para reduzir morte de animais nas rodovias

Duas passarelas já foram construídas para travessia na região de Bonito

Por Adriel Mattos e Gabriela Couto | 17/12/2021 12:02
Reinaldo disse que custo para adaptar obras em rodovias é válido para preservar fauna. (Foto: Marcos Maluf)
Reinaldo disse que custo para adaptar obras em rodovias é válido para preservar fauna. (Foto: Marcos Maluf)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), lançou oficialmente na manhã desta sexta-feira (17), o programa “Estrada Viva”, que objetiva reduzir as mortes de animais por atropelamento nas rodovias estaduais. A solenidade foi no Parque Estadual do Prosa, em Campo Grande.

O projeto foi formulado em parceria com a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e ONGs (organizações não-governamentais), sob a liderança do secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, que é biólogo por formação.

“Isso vai orientar toda a construção de estradas com a preservação da fauna. Com manual de orientação e aplicativo para a população. Construir passagens nas rodovias sai mais barato que deixar um animal sofrer acidente, temos que pensar no benefício da preservação”, comentou Reinaldo.

Uma das passagens está localizada na MS-345, a Estrada do Turismo e outra na rodovia MS-382, próxima ao Parque Nacional da Serra da Bodoquena. A primeira com 15,6 metros e a segunda com 26,3 metros; ambas a 6 metros de altura.

“Faltava essa intervenção, pegar o que é pesquisado e discutido e concretizar”, destacou Riedel.

Haverá ainda o Manual de Orientações Técnicas para Redução de Atropelamento de Animais nas Rodovias Estaduais, fruto da troca de experiências entre os técnicos do Estado e diversas instituições ambientais.

No site do Estrada Viva, há o Cadastro Estadual de Dados de Monitoramento de Fauna, uma ferramenta que permite a unificação dos dados de monitoramento de fauna do poder público com as instituições ambientais.

O cadastro permite que qualquer profissional que preencha os requisitos de “colaborador” passe a contribuir por meio do envio de informações, criando uma verdadeira rede colaborativa dos dados de atropelamento nas rodovias estaduais. O objetivo é obter um panorama mais preciso dos acidentes a fim de basear as decisões referentes tanto à implantação quanto à efetividade de medidas mitigadoras.

O governador ainda entregou três veículos, que serão utilizados como suporte aos órgãos ambientais que atuam na retirada de carcaça das estradas, a fim de evitar novos acidentes, prestação de primeiros socorros e encaminhamento a centros de reabilitação.

Nos siga no Google Notícias