ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEXTA  17    CAMPO GRANDE 26º

Meio Ambiente

Homem é multado em quase meio milhão de reais por queimar mais de 84 hectares

Arrendatário incendiou, inclusive, matas protegidas de propriedade vizinha

Ângela Kempfer | 15/09/2022 12:08
Área queimada em Bandeirantes somou mais de 80 hectares. (Foto: Assessoria/PMA)
Área queimada em Bandeirantes somou mais de 80 hectares. (Foto: Assessoria/PMA)

Arrendatário na região de Bandeirantes foi multado em quase meio milhão de reais por queimar 84,5 hectares de vegetação, inclusive, matas protegidas de propriedade vizinha. A PMA (Policia Militar Ambiental), de Campo Grande, recebeu denúncias sobre o incêndio ocorrido no dia 27 de agosto, em Bandeirantes.

A queima controlada está proibida no Estado de Mato Grosso do Sul até 31 de dezembro de 2022, inclusive, com suspensão de autorizações concedidas anteriormente à Portaria publicada em junho deste ano.

Com uso de GPS e drone, os policiais mediram a área e avaliaram os danos ambientais causados pelo fogo que começou em resto de vegetação acumulada após corte de árvores. A alegação inicial foi de que uma bituca de cigarro deixada por um funcionário, iniciou as chamas. "Porém, pelo tipo de material combustível, os Policiais avaliaram, que seria impossível o cigarro ter dado início ao incêndio", concluiu a PMA.

No total, foram 10 hectares de área protegida de reserva legal da fazenda e 20,5 de vegetação nativa em área comum e mais 54 hectares de vegetação nativa da propriedade vizinha.

O homem de 44 anos mora em Campo Grande, foi autuado administrativamente e também multado em R$ 486.300,00.

Nos siga no Google Notícias