A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

25/08/2019 15:50

Inmet mantém alerta de baixa umidade, mas aponta chance de chuvas isoladas

Área de baixa pressão e umidade vinda do oeste pode melhorar as condições climáticas na faixa de fronteira

Humberto Marques
Campo Grande teve domingo sem nuvens; baixa umidade deve continuar a atingir a Capital. (Foto: Humberto Marques)Campo Grande teve domingo sem nuvens; baixa umidade deve continuar a atingir a Capital. (Foto: Humberto Marques)

A semana começa em Mato Grosso do Sul com temperaturas altas e baixos índices de umidade relativa do ar na maior parte do território. Contudo, as regiões de fronteira com Paraguai e Bolívia –que vêm sofrendo com o calor e o aparecimento de focos de incêndio– poderão registrar chuvas isoladas entre o fim da noite de segunda-feira (26) e a madrugada de terça (27), graças à formação de uma área de baixa pressão atmosférica e entrada de umidade pela fronteira oeste, segundo apontou o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

A segunda-feira deve ter percentuais mínimos de umidade relativa do ar na casa de 20% em praticamente todo o Estado, com exceção do centro-norte (em uma faixa que inclui regiões de Aquidauana, Corumbá, Sonora e Costa Rica), onde o Inmet mantém até o fim da tarde alerta de que os índices podem chegar a 12%.

A Organização Mundial de Saúde considera adequados à saúde humana percentuais de umidade acima de 60%. Quanto mais baixo esse indicador, maiores são as chances de ocorrerem problemas de saúde –como respiratórios, de pele e nos olhos. O tempo seco também favorece a ocorrência de incêndios em áreas de mata. Recomenda-se evitar atividades físicas e exposição ao sol nos horários de maior calor, bem como cuidados com a hidratação.

O alerta vale para áreas de Alcinópolis, Aquidauana, Bandeirantes, Camapuã, Chapadão do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Sonora e São Gabriel do Oeste.

No dia em que completa 120 anos de emancipação político-administrativa, Campo Grande deverá ter um dia claro com névoa seca e aumento da nebulosidade a partir da tarde. As temperaturas vão variar entre 18 ºC e 35 ºC.

Já para o centro-norte (Coxim, Figueirão e arredores), são previstas temperaturas de 16 ºC a 39 ºC; enquanto o leste (de Cassilândia a Taquarussu) terá termômetros marcando de 14 ºC a 35 ºC.

O Pantanal (Aquidauana e Porto Murtinho, que terão temperaturas de 19 ºC a até 38 ºC), o sul e o sudoeste (Grande Dourados e fronteira com o Paraguai, com temperaturas entre 14 ºC e 34 ºC) terão dia claro com névoa seca, havendo chances de chuvas isoladas durante a noite.

Próximos dias – As chances de chuvas isoladas continuam na terça no oeste, sul e sudoeste, com temperaturas de 17 ºC a 37 ºC pelo Estado. Na Capital, o dia seguirá parcialmente nublado e seco, com mínima de 20 ºC e máxima de 33 ºC. O Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos) havia apontado impossibilidade de chuvas significativas no Estado até o fim da primeira semana de setembro, quando a estiagem deve ceder.

A partir de quarta-feira (28), o tempo voltará a se estabilizar, com novo aumento de temperaturas e queda na umidade do ar –que pode chegar a 15%–, além de condições mais favoráveis à formação de névoa seca. Os termômetros poderão marcar 38 ºC neste dia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions