A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

21/09/2017 14:29

Lojas Comper passarão a receber óleo de cozinha para evitar despejo errado

Parceria de empresas pretende recolher óleo usado em residências para evitar estragos e contaminações no meio ambiente

Bruna Kaspary
Ponto de coleta de óleo de cozinha utilizado (Foto: Marina Pacheco)Ponto de coleta de óleo de cozinha utilizado (Foto: Marina Pacheco)

Jogado incorretamente em pias, tanques e ralos, o óleo é um dos principais motivos para o extravasamento de esgotos que acontecem na cidade, de acordo com a Águas Guariroba, empresa responsável pelo tratamento de água e esgoto em Campo Grande. Um projeto da concessionária, em parceria com a rede de supermerados Comper e a empresa Katu Oil, passará a recolher o óleo das residências para a destinação correta.

Aproveitando as comemorações do Dia da Árvore, foi lançada hoje (21) mais uma etapa do projeto "De Olho no Óleo", que já acontece em escolas da cidade. A partir de agora, seis unidades da rede de supermercados Comper passarão a contar com a coleta de garrafas com óleo de cozinha já utilizado. "Esses postos estarão ao lado daqueles de coleta de material reciclável, em locais de fácil acesso, onde as pessoas poderão parar com seu carro para depositar, ou até mesmo chegar a pé", explica o gerente geral de operações da rede, Carlos Paes.

A parceria com a empresa que recolhe o material irá fazer com que a destinação seja feita da forma correta. "Hoje, 99% da nossa coleta é de comércio e empresas, e nosso objetivo é fazer com que também arrecademos o óleo das residências", afirma Caio Arakaki, sócio-proprietário da Katu Oil.

Hoje, o óleo usado é reaproveitado na produção de ração animal, biodiesel e até tinta. Segundo o coordenador de Meio Ambiente da Águas Guariroba, Fernando Garayo, por mês são feitas cerca de quinhentas desobstruções de encanamentos em Campo Grande. Além dos danos na rede de esgoto, há também graves estragos no meio ambiente. "O processo para descontaminar uma área, seja água ou solo, é muito caro, por isso a melhor alternativa é a prevenção".

Ele lembra que, somente no Brasil, são despejados por ano cerca de 200 milhões de litros de óleo nos rios e mares, e o consumo pessoal chega a vinte litros no mesmo período.

Pontos de coleta - Ao todo serão seis ecopontos para coleta dos materiais. Eles estarão localizados ao lado dos pontos de coleta de materiais recicláveis.

Para tentar atender todas as regiões da cidade, os ecopontos estarão no Comper Jardim dos Estados, Hipercenter da Brilhante, no Ypê Center, Comper da Zahran, da Tamandaré e no Hiper Comper Spipe Calarge.

Para a coleta, é necessário que o óleo esteja dentro de uma garrafa Pet, que possa vedar de forma correta e o transporte seja seguro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions