A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

04/04/2019 12:16

Nova sede da Sefaz deve ocupar área de mata no Parque dos Poderes

Publicada em 17 de julho de 2018, lei define 11 áreas do parque em que não se aplicam a proibição de desmatamento

Aline dos Santos e Tatiana Marin
Imagem do Parque dos Poderes (Foto: Gabriel Rodrigues)Imagem do Parque dos Poderes (Foto: Gabriel Rodrigues)

Motivo de abaixo-assinado intitulado “Não ao desmatamento do Parque dos Poderes”, a área com pedido de supressão vegetal vai atender a Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda), que, além de uma unidade no parque, funciona em imóveis na rua 7 de Setembro e avenida Fernando Côrrea da Costa, em Campo Grande.

De acordo com a SAD (Secretaria Estadual de Administração e Desburocratização), o processo de supressão vegetal é uma solicitação feita pela Sefaz, com autorização por meio da Lei 5237, aprovada no ano passado pela Assembleia Legislativa.

A reportagem entrou em contato com a Sefaz, que aguardar o retorno do titular da pasta, que está em viagem, para repassar informação. O pedido de supressão vegetal foi encaminhado em 8 de novembro ao Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

Publicada em 17 de julho de 2018, a legislação detalha que o Parque dos Poderes “Govenador Pedro Pedrossian” tem onze áreas, com 279 mil metros quadrados, em que não se aplica a proibição de desmatamento.

Sete são áreas “carimbadas” para atender Corpo de Bombeiros, Defensoria Pública, Tribunal de Justiça, Procuradoria-Geral do Estado, Polícia Civil, Prefeitura do Parque e Batalhão de Choque.
Das outras quatro áreas, uma é destinada ao Palácio do Governo e outras três aparecem no anexo da lei como destinação a definir.

Presente no projeto de sede administrativa da administração estadual, planejado em 1981, o Palácio do Governo, que não tinha previsão de área para moradia, ficou só no papel.

Mobilização – O abaixo-assinado protesta contra um processo que resultaria na supressão de uma área de 3,31 hectares (aproximadamente 33 mil metros quadrados). O documento online foi registrado no site O Bugio , a plataforma de campanhas online mantida pelo Greenpeace Brasil. Na manhã de hoje, o abaixo-assinado tinha 5.455 assinaturas.

Veja abaixo os mapas com as 11 áreas

 

Áreas carimbadas para atende sete órgãos no Parque dos Poderes. Áreas carimbadas para atende sete órgãos no Parque dos Poderes.
Mapa com Palácio do Governo e outras três áreas com destinação a definir. Mapa com Palácio do Governo e outras três áreas com destinação a definir.


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions