ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 26º

Meio Ambiente

PMA apreende 157 metros de rede de pesca e 39 kg de peixes

Por Paulo Fernandes | 11/12/2011 17:33
Exército e PMA apreenderam peixes pescados ilegalmente, durante a Piracema, no rio Paraguai (Foto: divulgação)
Exército e PMA apreenderam peixes pescados ilegalmente, durante a Piracema, no rio Paraguai (Foto: divulgação)
Rede de pesca tem 157 metros de comprimento (Foto: divulgação)
Rede de pesca tem 157 metros de comprimento (Foto: divulgação)

Em ação conjunta com o Exército Brasileiro, a PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu neste domingo, no rio Paraguai, a 380 Km de distância da cidade de Corumbá, uma rede de pesca de 157 metros de comprimento e 39 Kg de pescados.

Os peixes das espécies cachara, pintado e palmito tinham tamanho inferior ao permitido para captura.

Além disso, o período é de Piracema, época de reprodução dos peixes em que é proibida a pesca. A Piracema prossegue até o dia 28 de fevereiro.

PMA e Exército apreenderam ainda um motor de popa 25 HP Suzuki e um barco de alumínio de 5 metros de comprimento, que estava em meio à vegetação.

A operação da 2ª Companhia de PMA e do Exército Brasileiro, por meio do 17º BFron (Batalhão de Fronteira ), começou na sexta-feira.

Na madrugada deste domingo (às 2 horas), as equipes de fiscalização avistaram um acampamento com o uso de um binóculo de visão noturna.

Os pescadores fugiram ao perceber a aproximação da fiscalização. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia Federal.

A pena para o crime ambiental é de detenção de um a três anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário