ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 32º

Meio Ambiente

Por falta de mesas, conclusão do Museu do Aquário do Pantanal é paralisada

Apesar de estar em fase final, obra é suspensa para nova licitação da estrutura

Por Gabriela Couto | 08/07/2021 11:41
Local está quase pronto para ser entregue, mas licitação de mesas irá atrasar em 90 dias conclusão da obra (Foto Divulgação)
Local está quase pronto para ser entregue, mas licitação de mesas irá atrasar em 90 dias conclusão da obra (Foto Divulgação)

A conclusão do MiBIO (Museu Interativo da Biodiversidade do Pantanal) que será uma das principais atrações do Aquário do Pantanal foi suspensa por mais 90 dias. Conforme despacho do secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, a medida atende uma justificativa apresentada pela comissão de fiscalização do serviço.

A assessoria de imprensa da Semagro explicou que a obra está dentro da normalidade, mas aguarda outra licitação para compra de mesas que vão fazer parte do museu. A Construtora Maksoud Rahe está na dependência desta nova fase de compras para terminar a execução da instalação e montagem do local.

MiBio será atração especial dentro do Aquário do Pantanal com show de iluminação e interatividade (Foto Ilustração)
MiBio será atração especial dentro do Aquário do Pantanal com show de iluminação e interatividade (Foto Ilustração)

O MiBIO promete fazer da visita ao espaço uma experiência única pelo Pantanal.  Com objetivos científico, educacional e ambiental, o Museu apresentará um roteiro dinâmico de visitas, proporcionando conhecimento sobre a biodiversidade do Pantanal e Cerrado Sul-Mato-Grossense. Um cinema em 3D é uma das atrações mais esperadas, proporcionando vista aérea dos solos pantaneiros e um mergulho no Rio Paraguai.

Serão 180 estações interativas digitais, digitais-analógicas, analógicas e mecânicas para o visitante conhecer a evolução, princípios de conexões e relações ecológicas, resiliência, serviços do ecossistema e o bem-estar humano, pressões e respostas, além da sustentabilidade.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário