A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

25/02/2014 14:29

Sem lombada, excesso de velocidade é ameaça a quatis na Assembleia

Aline dos Santos
Filhote de quati se farta de manga no estacionamento da Assembleia. (Foto: Cleber Gellio)Filhote de quati se farta de manga no estacionamento da Assembleia. (Foto: Cleber Gellio)

Enquanto o filhote de quati se farta de manga no estacionamento da Assembleia Legislativa , em Campo Grande, o sargento da PM (Polícia Militar), Zaqueu Lelis Matos, alerta que o perigo mora à frente. “Tem que pôr uma lombada eletrônica perto do estacionamento novo”, diz.

Segundo ele, os veículos passam em alta velocidade e, quando se deparam com a travessia dos quatis, não tem como parar, devido ao risco de acidente. “ Teve gente que já foi parar no mato”. O pedido é para mais um redutor de velocidade na avenida desembargador José Nunes da Cunha.

Ele conta que a preocupação com o bem-estar com a fauna que habita o Parque dos Poderes vem de longe. E lembra que no primeiro dia de trabalho, há nove anos, um filhote de veado foi atropelado.

Longe da avenida, na segurança do estacionamento, uma dezena de quatis perambulava entre o pátio e os pés de mangas na manhã desta terça-feira. 

Conforme o Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), não existe levantamento de quantos animais habitam a reserva atualmente. Quando feridos, eles são tratados no local e soltos em uma das 45 fazendas do Estado credenciadas para recebê-los.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions