ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 32º

Meio Ambiente

Temporada é de formigas gigantes mortas na varanda; saiba o motivo

As tanajuras começam a se reproduzir em outubro, quando o clima começa a ficar quente e úmido

Por Idaicy Solano | 07/12/2023 12:57
Tanajuras mortas em quintal de leitora do Campo Grande News (Foto: Direto das Ruas)
Tanajuras mortas em quintal de leitora do Campo Grande News (Foto: Direto das Ruas)

Muitas pessoas devem ter se deparado com grandes formigas voadoras nas calçadas e quintais nos últimos dias. Além do tamanho, as tanajuras despertaram atenção de leitores por muitas estarem mortas. O biólogo Bruno Henrique Carvalho explica o que acontece: estamos na época de reprodução da espécie.

As tanajuras começam a se reproduzir em outubro, quando o clima começa a ficar quente e úmido, propício para a propagação da espécie. Com o verão se aproximando, é comum que casas, parques e ruas fiquem infestados destes insetos.

Revoada - Milhares de formigas em idade fértil saem para o acasalamento. No final do processo, os machos morrem e as fêmeas ficam com a missão de criar novas colônias e dar continuidade à espécie. As fêmeas arrancam as asas dos machos, e a partir daí fundam os novos formigueiros, que vão abrigar as colônias que surgirão.

“Os machos morrem logo em seguida e as fêmeas fecundadas vão formar as novas colônias. Essa é a parte final do ciclo reprodutivo. As fêmeas férteis vão construir novos ninhos, então elas vão se enterrar e vão sumir”, explica o biólogo. De acordo com o especialista, o fenômeno das ‘revoadas’ é curto e pode ser visto em toda a Capital.

Rainha da espécie - Quando falamos em tanajuras, o protagonismo é das fêmeas. O biólogo explica que os ovos bem cuidados dão origem às fêmeas (tanajuras) e os maus cuidados aos machos (bitus). Já na idade fértil, acontece o que os especialistas chamam de “voo nupcial”, em que acontece o acasalamento.

Tanajuras mortas encontradas por leitora do Campo Grande News (Foto: Direto das Ruas)
Tanajuras mortas encontradas por leitora do Campo Grande News (Foto: Direto das Ruas)

A fêmea produz ovos uma semana após o acasalamento, e os ovos chegam à idade adulta após 45 dias. Os ovos bem tratados viram formigas aladas que futuramente vão dar origem aos novos formigueiros.

Curiosidades -  A espécie é o alimento favorito dos gaviões, principalmente o sovi, sauveiro do norte, um migrante do hemisfério norte, e o gavião tesoura. “São aves que têm essa característica forte de comer essas formigas, e por isso até recebem o nome delas”.

As tanajuras ainda servem de alimento para diversas outras aves e lagartos. “Todo mundo que consegue abocanhar tira proveito”, completa o biólogo. As próprias formigas carregam os machos para seus ninhos.

Elas também fazem o gosto do paladar humano e são utilizadas como iguaria para farofas e outros pratos. A prática de incluir as tanajuras na alimentação é mais comum nas regiões Norte e Nordeste do país.

Ao falar de tanajuras, é impossível não lembrar do escritor Monteiro Lobato, que era um grande apreciador da espécie. Lobato chegou a comparar as formigas da espécie saúva ao caviar, que é considerado uma iguaria de luxo.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias