ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 22º

Política

“Aliança com PT ou PSDB não atrapalha Simone”, diz líder do PMDB

Por Leonardo Rocha | 30/10/2013 09:52
Deputado diz que alianças políticas não atrapalham Simone (Foto: Divulgação)
Deputado diz que alianças políticas não atrapalham Simone (Foto: Divulgação)

O líder do PMDB na Assembleia, o deputado Eduardo Rocha, declarou que possíveis conversas do PMDB com o PSDB ou PT não atrapalham a indicação da vice-governadora Simone Tebet (PMDB) a disputa do Senado em 2014.

“Independente de conversa com (Reinaldo) Azambuja ou até com o PT, isto não afeta nada a escolha da Simone, iremos construir a candidatura dela, assim como a busca de apoio sem pensar nos outros, é uma decisão interna do partido”, apontou ele.

Eduardo já destacou que caso o governador André Puccinelli (PMDB) não saia candidato a senador, a vaga ficará para Simone. “É a única alternativa em que o partido já decidiu pelo governador, se ele quiser, a vaga é dele”, destacou ele.

O deputado estadual Junior Mochi, presidente estadual do PMDB, disse que a indicação de Simone depende de uma articulação com Azambuja. No entanto, após conversas do líder tucano com o senador Delcídio do Amaral (PT), o peemedebista diz que não estava mais atrás de Reinaldo.

O governador André Puccinelli fez questão de dizer em agenda pública que “cederia” sua vaga a Simone e que ela poderia ter até mais sucesso no Congresso Nacional que seu pai, o ex-senador Ramez Tebet.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário