A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

21/05/2017 11:10

“Crise nacional atrapalha e temos que buscar alternativas”, diz Marquinhos

Priscilla Peres e Richelieu de Carlo
Marquinhos falou durante evento nesta manhã.
(Foto: Marina Pacheco)Marquinhos falou durante evento nesta manhã. (Foto: Marina Pacheco)

Em evento na manhã deste domingo (21), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que a crise nacional instalada no país vai refletir em Campo Grande, principalmente nas finanças municipais e para aumentar as receitas, têm buscado formas alternativas.

“A prefeitura já passa por momentos de dificuldade na arrecadação e essa questão em Brasília vai se refletir na Capital com queda nos repasses”, disse o prefeito preocupado com as consequências das denúncias divulgadas na semana passada contra o presidente Michel Temer (PMDB) e aliados do governo.

Segundo ele, os efeitos imediatos são o atraso de projetos, redução de repasses e desistência de investidores em aplicar recurso em Campo Grande. Para amenizar o impacto nas finanças, Marquinhos afirma que a prefeitura tem buscado outras alternativas para aumentar as receitas.

O prefeito descartou o aumento de impostos e disse que as formas seriam a cobrança de débitos inscritos em dívida ativa, o que já está em andamento pela prefeitura, e um levantamento do patrimônio municipal não utilizado para ir à leilão. “Como carros, por exemplo, que estão sucateados e que vale a mais a pena vender do que fazer manutenção”.




Boa tarde,

Já está na hora do Prefeito eleito tomar posse. Por favor Presidente da Câmara da posse logo para essa cara começar a trabalhar por Campo Grande, ruas cheias de buracos, falta de médicos, servidores sem reajuste, campanha eleitoral todo final de semana, obras paradas, etc...
 
JULIO CARVALHO em 21/05/2017 16:01:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions