A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/11/2013 12:13

"Esta Comissão é de execução sumária", diz Bernal sobre investigação

Leonardo Rocha
Bernal voltou a atacar a Comissão Processante dizendo que não passa de uma farsa (Foto: Marcos Ermínio)Bernal voltou a atacar a Comissão Processante dizendo que não passa de uma farsa (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito Alcides Bernal (PP) voltou a acusar da Comissão Processante da Câmara Municipal de uma “grande farsa política” e ainda destacou que todas as acusações contra ele foram respondidas em sua defesa. Bernal definiu a investigação dos vereadores como: Comissão de Execução Sumária.

“É uma execução sumária de um líder que foi escolhido pelo povo, não passa de uma grande farsa política feita por pessoas que desejam voltar ao poder, o tempo vai dizer quem estava por trás disto”, destacou ele.

O prefeito destacou que a Comissão está se baseando nas denúncias apresentadas na CPI do Calote, que em sua opinião não provou nada contra o executivo.

“A CPI traz em sua conclusão que existem indícios de irregularidades, não existem provas, não se trata de improbidade administrativa”.

Ele ainda apontou que nenhum outro prefeito de Campo Grande foi questionado em relação a questões administrativas.

“Pela primeira vez na história da cidade, querem montar uma investigação para cassar alguém eleito pelo povo, não podem transformar indícios em provas de corrupção”.

Bernal lembrou que os dois denunciantes que deu origem a abertura da Comissão Processante são seus “desafetos” que deixaram o PP para apoiar o candidato que disputou a eleição contra ele.

“Eles possuem interesses em me prejudicar, mas existem pessoas sérias na Câmara que estão acima de disputas políticas”, avaliou ele.

Anúncio – O vereador Flávio César, relator da Comissão Processante, faz a leitura hoje a tarde do parecer sobre a defesa apresentada pelo prefeito.

Caso se decida pelo arquivamento do processo, a decisão precisa passar pelo plenário da Câmara, se eles decidirem continuar com o trabalho, serão definidas as convocações e os depoimentos das testemunhas do prefeito.



Os processantes se esquecem que o Prefeito Bernal foi escolhido pelo voto livre e
espontâneo do povo que queriam um representante da outra ala dos partidos políticos
 
severina cordeiro em 05/11/2013 12:57:12
Vejo indícios de alguém que esta preste a jogar a toalha, mas me parece que cairá dizendo as mesmas ladainhas, entrou num beco sem saída teve tudo nas mãos podia ter todos aos teus pés, mas preferiu trilhar por outros caminhos sem volta, triste fim...tchal bernal.
 
aureliano sousa em 05/11/2013 12:48:38
Sempre o mesmo discurso, se não existe irregularidades na tua gestão, então por qual motivo o Tribunal de Contas jugou tua manobra irregular? por qual motivo o ministério publico entrou com pedido de afastamento depois de analisar denuncias que lá chegaram? antes da abertura desta CPI por qual motivo teus subordinados fizeram aquela tremenda bagunça na câmera com 85% das pessoas lá o defendendo de fora da cidade, e ainda ganhando R$ 40,00 e um banquete no café da manha? por que não queria a qualquer custo que esta CP fosse aberta? e ainda vem falar que a CPI é uma execução sumaria!!! quem não deve não teme, e antes da decisão final não se faça de coitadinho, pois isso esta cansando e seja homem e assuma teus atos, se errou arca com eles, caso contrário ai sim se faça de coitado e revida.
 
Leandro Fernando em 05/11/2013 12:30:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions