A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

06/07/2018 21:50

Sem agenda pública, Reinaldo espera tempo para articulações

Adriano Fernandes e Humberto Marques
Governador, esta noite (06), durante uma de suas últimas agendas a serem cumpridas. (Foto: Humberto Marques) Governador, esta noite (06), durante uma de suas últimas agendas a serem cumpridas. (Foto: Humberto Marques)

A sexta-feira (06) marcou o último dia para que pré-candidatos tenham agendas públicas, antes do período de eleições. Para o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que este ano busca à reeleição, o período será de articulações junto ao partido.

“O PSDB já tem feito esse roteiro de articulações, conversado, buscado alianças, mas, agora com esse impedimento da legislação eu espero ter mais tempo para participar desse tipo de discussão e se envolver mais com essa questão politica”, comentou o governador, esta noite (06), durante a apresentação do projeto de revitalização da Colônia Paraguaia. 

Na prática, as novas regras eleitorais impedem que candidatos participem de agendas públicas ou qualquer outro evento de cunho político. Salvo em convenções intra-partidárias que são realizadas por filiados a partidos e dirigida aos demais integrantes, visando a os convencer de que merece ser indicado para disputar um cargo eletivo.

A convenção, no entanto, deve ser silenciosa e sem apoio da mídia (rádio e TVE, por exemplo), mas pode se valer de faixas e cartazes em locais próximos ao da convenção, mala direta aos correligionários e itens similares.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions