ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 29º

Política

Advogados elegem nesta sexta o novo presidente da OAB-MS

Advogados em dia com a anuidade terão a obrigação de votar para escolher novo representante no Estado

Por Gabriela Couto | 18/11/2021 10:11
Da esquerda para direita: Rachel Magrini (chapa 11), Giselle Marques (chapa 33) e Bitto Pereira (chapa 22). (Foto: Reprodução/RCN67)
Da esquerda para direita: Rachel Magrini (chapa 11), Giselle Marques (chapa 33) e Bitto Pereira (chapa 22). (Foto: Reprodução/RCN67)

Os advogados de Mato Grosso do Sul escolhem nesta sexta-feira (19), quem será o novo presidente da Seccional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no Estado. A votação começa às 9h e segue até às 17h. Na disputa pela sucessão de Mansour Karmouche, estão três chapas.

Os candidatos estão confiantes após longa campanha eleitoral. Liderando a chapa 22 "Mais OAB", o advogado Bitto Pereira afirmou que o trabalho feito neste período o deixa seguro para a vitória amanhã.

"Temos feito um trabalho sempre de maneira propositiva, sempre pensando nas nobres causas da advocacia. Esse trabalho feito por toda nossa chapa nos dá confiança da vitória amanhã. Agradeço toda a advocacia sul-mato-grossense que nos recebeu tão bem durante todo esse período de campanha", afirmou Bitto.

A candidata Rachel Magrini, da chapa 11 "Um Novo Tempo para a OAB/MS", afirmou que vai buscar os indecisos até de madrugada. "Estou muito confiante. Estou conversando com vários advogados, a voz que estamos ouvindo é a voz da mudança. Vou até depois da meia-noite. Tenho 237 de indecisos agora no comitê, estou conversando com cada um para tentar convencer pelo menos 80%."

A representante da chapa 33 "OAB 4.0: Mudança de Verdade”, Giselle Marques está muito esperançosa. "Desde o único debate que tivemos, muitas pessoas vieram falar comigo para nos dar o apoio. Essas pessoas disseram que estão cansadas das outras duas chapas que representam a situação e criam a polarização. Elas enxergaram  que existe uma terceira via. Estamos crescendo a cada dia. Ainda estou visitando advogados para buscar votos."

Ela entrou com mandado de segurança coletiva em favor de toda a advocacia do Estado para votar amanhã. Cerca de 6 mil não estão em dia com a anuidade e se tornam inaptos para participar.

"Temos até amanhã para conseguir essa liminar. Somos a única chapa que está pedindo esse direito de garantir a democracia para todos. Conseguimos o apoio da DPU (Defensoria Pública da União), que acolheu a ação civil pública para brigar por esses 40% dos advogados que estão de fora da eleição."

Como votar - Para votar, é necessário apresentar o cartão ou a carteira de identidade de advogado (a) ou um dos seguintes documentos: Cédula de Identidade, CNH (Carteira Nacional de Habilitação), CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) ou passaporte.

Na ordem de votação, serão respeitados grupos prioritários como idosos, gestantes e pessoas com deficiência. Serão seguidas todas as normas de biossegurança para evitar o contágio da covid-19. Álcool em gel será disponibilizado em cada seção e todos devem fazer uso da máscara de proteção.

O voto é pessoal e obrigatório para todos os profissionais regularmente inscritos na OAB/MS, sob pena de multa equivalente a 20% do valor da anuidade, salvo ausência justificada por escrito, a ser apreciada pela Diretoria do Conselho Seccional. O prazo para apresentação da justificativa é de 60 dias, ou seja, será expirado no dia 17 de janeiro de 2022.

Serão 10.538 advogados aptos a participar do processo eleitoral, que contará com 23 seções na sede da instituição, localizada na Avenida Mato Grosso, 4700, Bairro Carandá Bosque, em Campo Grande.

Vale destacar que o estacionamento para veículos do Bloco A, com acesso à Avenida Mato Grosso, será de uso exclusivo dos mesários. A entrada para os eleitores será somente pela Avenida Antônio Maria Coelho.

Outras 31 subseções estão espalhadas no interior do Estado para garantir a votação em todos os municípios.

Nos siga no Google Notícias