A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/03/2012 13:43

Alcides Bernal critica indefinição do PDT na eleição de Campo Grande

Wendell Reis

Bernal ensaia aliança com PSB e PSD e garante que será candidato

Na sessão de hoje, Bernal declarou esperar apoio do PSB e PT, representado por Lauro Davi e Cabo Almi. (Foto: Divulgação/Giuliano Lopes)Na sessão de hoje, Bernal declarou esperar apoio do PSB e PT, representado por Lauro Davi e Cabo Almi. (Foto: Divulgação/Giuliano Lopes)

O deputado Alcides Bernal (PP) declarou na manhã desta terça-feira (27), durante sessão na Assembleia Legislativa, que será candidato, independente do apoio dos partidos da oposição. O posicionamento do deputado foi cobrado depois que deputados petistas externaram a preocupação com o fato do PDT, tido como oposição, estar caminhando para o lado do PMDB.

Alcides Bernal criticou as comparações de aliança com namoro, paquera ou casamento, alegando que é preciso fazer política com seriedade. Com relação ao PDT, o deputado avalia que terá um papel fundamental nesta eleição, mas diz que é preciso respeito entre os próprios filiados, para que cobrem respeito dos demais partidos.

O deputado acredita que a oposição pode chegar a um acordo e entende que o PT poderia escolher um bom vice para a sua candidatura. Ele garante que tem um bom relacionamento com Zeca do PT e com Delcídio Amaral (PT), o que facilita o entendimento. Ao pensar em nomes para ocupar o posto de vice, Bernal cita a ex-primeira dama do Estado, Gilda do PT.

Alcides Bernal garante que é pré-candidato a prefeito e que seu partido vai lhe garantir condições de disputa, mesmo com menos de 2 minutos de tempo na propaganda eleitoral. Apesar de avaliar a possibilidade de sair sozinho se for preciso, o deputado já ensaia uma aliança com PSD e PSB.

A aliança com o PSB é incentivada pelo deputado Lauro Davi (PSB), que declara “simpatia” pela candidatura de Bernal, por conta do apelo popular. Lauro Davi acredita que é preciso “avançar e mudar concepções”.

Ao observar o interesse de Lauro Davi em ajudá-lo, Bernal declarou que vai marcar uma reunião o mais rápido possível para fechar com o partido. Quanto as já declaradas pré-candidaturas de outros partidos, o deputado acredita que é só uma questão de tempo para conquistar apoio.

O PDT ainda não definiu o destino em Campo Grande. O partido tem como pré-candidato o presidente estadual, Dagoberto Nogueira. Entretanto, o ex-deputado federal alega que só sairá candidato se tiver o apoio de toda a oposição, o que parece difícil, visto que Alcides Bernal e Vander Loubet (PT) também são candidatos. Caso não consiga apoio Dagoberto garante que a definição será do partido. A aliança com o PMDB é defendida pelo presidente do PDT na Capital, vereador Paulo Pedra.



É ISSO AÍ BERNAL A POSTURA QUE PRECISAMOS É ESSA; QUEM TEM VISÃO DE DESENVOLVIMENTO E SERIEDADE COM CERTEZA TE APOIARÁ MAS O IMPORTANTE É QUE A GRANDE MASSA DA POPULAÇAO CAMPOGRANDENSE ESTÁ COM VOCÊ.VAMOS LÁ.
FABIANO VILA VILMA
 
FABIANO GOMES em 27/03/2012 06:49:34
CONTAMOS CONTIGO BERNAL PARA UMA POLÍTICA SÉRIA,CAMPO GRANDE PRECISA E OS CAMPOGRANDENSES MUITO MAIS.FORCA BERNAL SEGUE FIRME ESTAMOS NA LUTA CONTIGO.
 
adriano caicara em 27/03/2012 05:25:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions