A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/04/2011 13:06

Alcides Bernal sinaliza que poderá deixar PP e ir para o PSD

Ítalo Milhomem

O deputado estadual Alcides Bernal (PP) anunciou nesta quinta-feira (14), que poderá deixar o partido caso continue sendo ignorado pela sigla. Se não houver mudanças no modo que ele esta sendo tratado, o destino é certo, o recém criado PSD (Partido Social Democrático).

Bernal afirma que já foi convidado para ingressar na nova sigla, mas por correligionários do grupo do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD).

“Se o PP não me der atenção, o PSD é uma oportunidade, um novo espaço político”, comentou Bernal.

Segundo Bernal outros deputados de pequenas siglas também estariam sendo sondados pelo PSD, mas preferiu não citar nomes.

Brigas - O deputado disse que o Partido Progressista está uma confusão sem respostas. Em fevereiro, várias lideranças de diretórios municipais se manifestaram pela saída do atual presidente regional, o ex-deputado federal Antônio Cruz e pela condução de Bernal à presidência do partido no Estado, já que o PP estaria abandonado em Mato Grosso do Sul. Até hoje o diretório nacional não se manifestou.

Cruz preside o PP no Estado por uma de uma decisão liminar. Ele foi destituído do cargo pela executiva estadual no início deste ano após brigas internas no partido.

Caso o partido se alinhe com o mandato de Bernal na Assembleia, ele afirma que o partido terá candidatura para prefeitura de Campo Grande.

“Toda legenda que não for de aluguel deve lançar candidatura própria.

Desde já coloco meu nome a disposição do partido, não que meu nome seja uma exigência, mas fui o deputado novato mais votado em Campo Grande, fui vereador da Capital e já tenho uma certa experiência na cidade”, afirmou Bernal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions