ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 

Política

Alegando problemas de saúde, ministro Pazuello pede para sair, diz jornal

Por Ângela Kempfer | 14/03/2021 14:42
Ministro em evento do governo federal. (Foto: Divulgação)
Ministro em evento do governo federal. (Foto: Divulgação)

O jornal O Globo noticiou na tarde deste domingo que o ministro da Saúde Eduardo Pazuello deve deixar o cargo nos próximos dias. A informação é de que o ministro já comunicou ao presidente Jair Bolsonaro a saída, alegando problemas de saúde.

O Brasil enfrenta atualmente o pior momento da covid-19, com média diária de mortes que ultrapassou os 2 mil neste mês. Ontem foram 2.206 óbitos. O mau desempenho frente à pandemia tem aumentado a pressão pela queda de Pazuello.

Ainda segundo o jornal, 2 médicos cardiologistas são cotados para substituir Pazuello: Ludhmila Abrahão Hajjar, professora associada da USP, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Ludhmila, por exemplo, é conhecida por criticar a atuação do Ministério da Saúde e tratamentos paliativos. "Sabemos que cloroquina não funciona há muitos meses, que azitromicina não funciona há muitos meses, que ivermectina não funciona há muitos meses. Mas ainda tem esses kits por aí. Tem conselhos que defendem. Tem conselhos que não negam. É uma conjunção de fatores – o não conhecimento e a não adoção de práticas baseadas em evidências científicas – que só coloca a vida das pessoas em risco", afirmou em entrevista ao O Globo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário