A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/10/2013 11:38

André diz que “novas cidades” não podem trazer ônus ao Estado

Leonardo Rocha
André destaca que não adianta criar municípios que irão ter dificuldades (Foto: Cleber Gellio)André destaca que não adianta criar municípios que irão ter dificuldades (Foto: Cleber Gellio)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou hoje que a criação de novas cidades no Estado deve ser feito com cautela e análise caso a caso, já que não adianta criar um novo município que não tenha poder econômico e possa trazer ônus ao Estado.

“Avaliação individual, o que adianta um município nascer já com dificuldades, raquíticos e ainda trazer ônus ao Estado? É preciso ter rigor nestas regras”, destacou ele.

André lembrou que muitos municípios do Estado tiveram dificuldades financeiras nos últimos dois anos devido à diminuição nos repasses de FPE (Fundo de Participação dos Estados) e FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

“Teve cidades que quase foram inviabilizadas de continuar e ainda dependem do apoio do governo estadual na parte social e econômica”, ponderou.

Divergência - O assunto também gerou polêmica na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Cabo Almi (PT) afirmou que esta proposta, aprovada no Senado Federal, poderá resultar na criação de 188 novos municípios no país e que isto vai custar milhões aos cofres públicos.

Já Amarildo Cruz (PT) rebateu destacando que as regras aprovadas são “restritivas” e que existem distritos em desenvolvimento com potencial para crescimento. Ele alegou que resta os órgãos competentes fazer uma fiscalização apurada nos processos para criação dos municípios.

Regras – A proposta defende que é necessário consultar a população por plebiscito e 20% dos eleitores da região serem favoráveis. Os municípios precisam respeitar o número de habitantes por região, que devem ser no mínimo 5.997 pessoas no Centro-Oeste e Norte, 8.396 no Nordeste e 11.995 na região Sul e Sudeste.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions