A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

17/10/2013 14:55

André diz que União deveria resolver ao menos conflito na fazenda Buriti

Leonardo Rocha
Governador destacou que União deve ao menos resolver problema em fazenda de Sidrolândia (Foto: Marcos Ermínio)Governador destacou que União deve ao menos resolver problema em fazenda de Sidrolândia (Foto: Marcos Ermínio)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que a União deveria resolver ao menos a situação da fazenda Buriti, em Sidrolândia, onde índios ocuparam o local e exigem que a área seja demarcada.

“Sou governador de branco, negro, amarelo, de todas as raças, gostaria que houvesse uma solução para estes conflitos, ao menos resolver a situação de Buriti que já estava bem adiantado”, destacou ele.

André já declarou que qualquer tragédia que ocorrer nestes conflitos indígenas será culpa do governo federal, já que ele “titulou” as terras e não houve qualquer tipo de “grilagem” aqui no Estado. “Tem que assumir a responsabilidade que compete a eles, nós fizemos a nossa parte”.

Após o fracasso na tentativa de negociação com os produtores por meio de TDA (Título da Dívida Agrária), o governo federal não continuou as reuniões e os acordos que estavam sendo firmados entre produtores e comunidade indígena.
Em função da paralisação das negociações, os indígenas estão seguindo em frente em ocupações de terras no Estado, como foi feito na fazenda Boa Esperança em Miranda.

Documento – O deputado estadual Pedro Kemp (PT), que estava acompanhando as articulações sobre o conflito, enviou na segunda-feira documento ao Ministério da Justiça pedindo a retomada das conversas, para que não haja novas mortes em razão de conflito indígena em Mato Grosso do Sul.

Índios que invadiram área denunciam terceiro ataque em 5 dias
Os índios terenas que invadiram chácaras em Miranda denunciam que sofreram o terceiro ataque no período de cinco dias. “Foi ontem, por volta das 20h....
Índios prometem invadir área de 7,2 mil hectares; polícia federal está no local
Os 300 índios da etnia terena, da aldeia Moreira, que ocupam desde quarta-feira (9) uma área de 3,2 mil hectares, em Miranda, prometem invadir mais 7...
PF investiga suposto atentado contra índios que invadiram fazendas
A Polícia Federal está na região onde indígenas e fazendeiros entraram em conflito nesta madrugada (10) na chácara Trator Mil, em Miranda. Cerca de 3...
Agraer define técnicos para acompanhar avaliação na Reserva Buriti
O diretor-presidente da Agraer (Agencia de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), José Antônio Roldão, designou 6 engenheiros agrimensor e 4 enge...



O governo federal tem que resolver TODAS AS ÁREAS do Estado e não APENAS Buriti. temos mais de 60 propriedades invadidas, e como ficam estas áreas?
 
Mônica Corrêa em 22/10/2013 22:53:47
felizmente o governador tem razão, porem infelizmente não veremos uma solução pela causa enquanto existir essa FUNAI que serve de testa p/ a proteção das ONGS, o governo faz vista grossa ao assunto, é só por a PF p/ investigar que verá o tanto de ONG infiltrada na instituição, elas infiltram militantes dentro da FUNAI e chega até assumir Diretoria p/ defender os direitos de ONG, onde elas ficam jogando índios contra fazendeiros p/ verem a desgraça dos índios e depois pedir dinheiro p/ organismos internacionais p/ seus luxos e etc. e muito simples é só investigar que vera que os índios só fazem essas invasões por que são apoiados por ONG ou FUNAI. Ok!! mais intriga nesse PAIS é o respeito com nossa constituição que não vale mais o direito de propriedade de um cidadão, que ela mesmo deu
 
roberto silva em 17/10/2013 23:13:22
A UNIAO JA FAZ TUDO POR ESSE ESTADO UMA MAOZINHA A MAIS E BEM VINDO.
 
cesar lopes em 17/10/2013 15:27:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions