A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/02/2013 10:35

André espera liberação de secretárias por Bernal e lembra que cedeu 400 a Ceinfs

Aline dos Santos e Carlos Martins
“É claro que o Bernal vai assinar”, afirma Puccinelli. (Foto: Luciano Muta)“É claro que o Bernal vai assinar”, afirma Puccinelli. (Foto: Luciano Muta)

O governador André Puccinelli (PMDB) não teme ficar sem duas integrantes do primeiro escalão que dependem da autorização do prefeito Alcides Bernal (PP) para seguirem no Governo do Estado.

As titulares da SAD (Secretaria de Administração) e da Setas (Secretaria de Trabalho e Assistência Social), respectivamente Thie Higuchi Viegas dos Santos e Tânia Mara Garib, são servidoras da Prefeitura de Campo Grande. Elas precisam ser cedidas pelo prefeito. Caso contrário, deverão retornar ao órgão de origem.

“É claro que o Bernal vai assinar”, afirmou Puccinelli nesta quinta-feira. Ele lembrou que já exerceu a política da boa vizinhança. No começo do mandato de Bernal, o governo cedeu quase 300 servidores para atuarem nos Ceinfs (Centros de Educação Infantil). Caso contrário, o funcionamento de 25 creches ficaria comprometido.

“Imagina se eu puxar os 400 servidores do Estado que estão a disposição do município, vão fechar as creches. Inclusive, a Thie é aposentada do município. Estou bastante convicto que o Bernal vai liberar”, declarou Puccinelli.

Hoje, o governo trouxe mais duas cedências para a Prefeitura de Campo Grande. Foram cedidos o major Luidson Borges Tenório Noleto e o coronel Jonys Cabrera Lopes. Ambos integram o quadro do Corpo de Bombeiros. Noleto foi nomeado chefe da Defesa Civil de Campo Grande. Jonys comanda a Guarda Municipal.



E AGORA ?? E O BERNAL??????
 
ELY MONTEIRO em 21/02/2013 17:51:59
Libera logo! Bernal!! :D
 
Ricardo Silva em 21/02/2013 11:35:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions