A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

07/03/2014 12:27

André quer votação sobre concessão de rodovias para adiantar o processo

Leonardo Rocha
André solicitou aos deputados votação do projeto das rodovias para adiantar o processo (Foto: Marcos Ermínio)André solicitou aos deputados votação do projeto das rodovias para adiantar o processo (Foto: Marcos Ermínio)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou hoje (7), durante formatura de 97 sargentos, que solicitou aos deputados estaduais que votem logo o projeto que autoriza a concessão de 11 rodovias estaduais para iniciativa privada.

“Não pressionei os deputados, apenas solicitei que eles votem logo o projeto, pois leva de 6 a 7 meses para iniciar o procedimento (concessão) após a publicação da proposta”, disse ele.

Puccinelli explicou que quer “ultrapassar” logo esta fase e seguir para próxima, já que não acredita que haverá rejeição ao projeto, pois segundo ele, irá trazer vários benefícios para o Estado.

“Além de proporcionar mais segurança e infraestrutura nas rodovias, também irá evitar rotas de fuga da BR-163”, ressaltou ele.

Votação – A proposta já foi aprovada em primeira votação na Assembleia, no último dia 26 de fevereiro, quando foi analisada sua legalidade constitucional. Depois o projeto seguiu para as comissões do orçamento, obras e infraestrutura, após serem liberadas segue para votação do “mérito” no plenário do legislativo.

A princípio os deputados haviam sugerido a discussão do projeto em audiência pública sobre a BR-613, que seria realizada no próximo dia 10 de março, no entanto este evento foi adiado para o dia 24 do mesmo mês.

“Esta audiência é para tratar da concessão da BR-163 e não das rodovias estaduais, portanto este tema não ficará para o final do mês”, afirmou o líder do governo, o deputado Junior Mochi (PMDB).

O peemedebista acredita que todas as informações necessárias já foram passadas pelo secretário de Obras, Edson Giroto, assim como as dúvidas esclarecidas, portanto o projeto poderia ser votado na próxima sessão.

“Não vejo problemas para votar na semana que vem, este projeto vai trazer benefícios para o Estado e o estudo sobre ele já foi apresentado”, destacou.

Projeto – No dia 11 de fevereiro o secretário de Obras, Edson Giroto foi até a Assembleia apresentar o projeto aos parlamentares. Ele explicou que esta proposta deve evitar “rotas de fuga” ocasionadas pela cobrança de pedágio na BR-163.

Sobre a cobrança nas rodovias estaduais, Giroto destacou que serão ao menos sete pedágios, com valor de R$ 4 a R$ 4,50, em uma concessão que terá validade de 30 anos.

As rodovias são: MS-040, entre Campo Grande e Santa Rita do Pardo; MS-112, entre Cassilândia e Três Lagoas; MS-180, entre Iguatemi e Juti; MS-135, entre a BR-359 e Chapadão do Sul; MS-223, entre a BR-359 e Figueirão; MS-289, entre Coronel Sapucaia e a BR-163; MS-295, entre Paranhos e a divisa com o Paraná; MS-306, entre Chapadão do Sul e a BR-158; BR-316, entre Costa e Inocência; MS-338, entre Ribas do Rio Pardo e a BR-060 ; e MS-395, entre Bataguassu e a BR-158.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions